Os curtas pernambucanos dos diretores Marcelo Oliveira e William Oliveira e Reforma do diretor Fábio Leal estão disponíveis gratuitamente por todo mês de março, no aplicativo Scruff na mostra de filmes Curta Woofs. Na mostra, além das produções pernambucanas, destacam-se outros filmes como Além de Alano, Desconexo e O Presente.

Com curadoria de André Fischer, fundador do Festival MixBrasil e responsável pelo Centro Cultural da Diversidade, os temas explorados nas obras mesclam sexualidade, linguagens estéticas e grupos. Cada um dos curtas foi produzido em diferentes estados do Brasil e apresenta diferentes aspectos do cotidiano do homem gay brasileiro. “Os filmes oferecem um painel bastante diverso: da cena periférica de São Paulo ao underground recifense, uma relação michê-cliente, um filho que descobre que o pai tem um namorado, um crush no tédio da pandemia, uma viagem sensual em uma distopia off-line, encontros por aplicativos e fetiches. Em comum entre todos, bom humor e conteúdo sexy”, conta Fischer.

Vencedor de três Coelhos no Festival MixBrasil, incluindo Melhor Curta Brasileiro pela escolha do júri, traz no enredo Francisco, que revela à amiga que está insatisfeito com seu corpo gordo, mas Flávia tem dificuldade para entender a dimensão do problema do amigo.

Já no enredo de Ar, o protagonista é Gleydson, um artista independente gay de 35 anos que mora no bairro Boa Vista, no Centro do Recife. Ele está dentro de casa, sozinho, sem contato com seus familiares e tentando enfrentar uma ameaça mortal. Ele tenta escapar do perigo que está cercando sua  casa. “Mês passado, recebemos a triste notícia de que nosso canal do YouTube foi removido por alegarem que nosso conteúdo era para satisfação sexual. Pra gente, da 7ª Arte do Vale, que aborda temas para o universo LGBT como ansiedade, solidão, afeto e homofobia, o canal era uma forma de nos comunicar com o nosso público e foi uma perda muito grande. Estar no Scruff é uma luz pra gente seguir com o nosso trabalho”, relata Marcelo Oliveira.

Já para William Oliveira, “AR foi criado tendo como referência as crises de ansiedade dos LGBTs e estar na mostra SCRUFF é uma brilhante oportunidade de dialogar diretamente com o nosso público”.

Além de Ar, durante este isolamento social devido à pandemia do novo coronavírus, a 7ª Arte do Vale produziu também os curta-metragens A Invasão e O Toque.

CURTA WOOFS

@ SCRUFF

Até 25 de março de 2021 Grátis

No app Scruff (Em Eventos na aba Explorar)

 

Leia Mais
PerifaCon estreia programação virtual e gratuita