A Bahia celebra sua literatura com a FLIPF 2022

Entre os dias 4 e 7 de agosto evento acontece na Praia do Forte

Jonas Gabriel é autor do livro A poesia Cura e promove uma oficina de poesia na FLIPF 2022. (Divulgação).

A Festa Literária Internacional da Praia do Forte (FLIPF) movimenta a Bahia entre os dias 4 e 7 de agosto. Em sua volta ao presencial, o evento tem o objetivo de se firmar como destino para interessados em arte e literatura de todo o país. No ano em que São Paulo celebrou o centenário da Semana de Arte Moderna, o tema que move a programação é a “Bahia Moderna”,  oriunda das décadas de 1950 e 1960.

Neste ano, sessões de autógrafos, oficinas, shows, apresentações culturais, além de 10 mesas com um total de 24 autores e autoras fazem parte da programação. Destaques do elenco, a argentina Ariana Harwicz, em sua primeira vinda ao Brasil, lança o livro Degenerado pela editora Instante e o angolano Ondjaki estreia O Livro do Deslembramento, pela Pallas.

Idealizada pela Gabiroba Cultural e a Trevo Produções, a festa literária neste ano tem curadoria da jornalista e escritora Joselia Aguiar, autora de Jorge Amado – Uma Biografia (2018). 

A abertura, no dia 4, celebra a ficção baiana com o encontro dos autores Antônio Torres e Itamar Vieira Junior, além de contar com participação da poeta e atriz Rita Santana, que fará uma leitura especial de textos em prosa e poesia de autores e autoras baianos de várias épocas.

A terceira edição da festa acontece no Castelo Garcia D’avila, na Praia do Forte. A programação completa está disponível no perfil do FLIPF no Instagram.

Leia Mais
Filme Eike – Tudo ou Nada, sobre ascensão e queda de Eike Batista, ganha primeiro trailer