A história de Tarcísio Pereira, um dos maiores livreiros do Brasil, é publicada

Biografia está interligada a Livro 7, maior livraria do país nos anos de 1990, localizada no Recife

Tarcísio Pereira na capa do livro biográfico. (Divulgação).

A história de um dos maiores livreiros do Brasil está registrada em Tarcísio Pereira – Todos os livros do mundo, publicado pela Companhia Editora de Pernambuco (Cepe). Escrito pelo jornalista Homero Fonseca, o trabalho de pesquisa e estudo apresenta a trajetória de Tarcísio Pereira (in memoriam), que na década de 1990 conduziu a Livro 7, maior livraria do Brasil, localizada no Recife.

Inaugurada em 27 de julho de 1970 e fechada em 2000, a Livro 7, surgiu num espaço exíguo no nº 286 da Rua Sete de Setembro, bairro da Boa Vista. De 1974 a 1978, funcionou no casarão 307 da mesma rua e de 1978 a 1998 ocupava um galpão de 1.200 metros quadrados no imóvel 329. No Guinness Book, o livro dos recordes, apareceu como a maior livraria do Brasil de 1992 a 1996. 

Conhecida como ponto de encontro dos recifenses, a L7 era frequentada por intelectuais da direita e da esquerda. Diretamente ligado ao local, Tarcísio tem sua jornada estudada na obra, que compartilha histórias curiosas sobre as fases de sua vida, e também os problemas que levaram à falência da livraria.

Ao longo das 308 páginas da publicação, relatos de parentes, amigos, ex-funcionários e admiradores traçam o perfil irreverente e a figura relevante do livreiro.

Leia Mais
Clássico “De pé no chão”, de Beth Carvalho, é novo título da série O Livro do Disco