Adeus a Mark Lanegan: músico do Screaming Trees morre aos 57 anos

Músico foi um dos principais nomes do rock nos anos 1990

Foto: Rosario López/Wikimedia Commons.

Nesta terça (22), uma triste notícia pegou os fãs do grunhe de surpresa. A conta do Twitter oficial do músico Mark Lanegan comunicou seu falecimento esta manhã, aos 57 anos, em sua casa em Killarney, na Irlanda.

Natural de Washington, Lanegan, de 57 anos, foi vocalista do Screaming Trees até 2000, banda que alcançou uma projeção considerável na década de 1990 com discos como Sweet Oblivion e Dust. O cantor, compositor, e autor tinha uma carreira solo produtiva e diversas colaborações com amigos, como Greg Dulli (Afghan Wigs), Josh Homme (QOTSA) e os cultuados álbuns em parceria com Isobel Campbell (Belle&Sebastian).

O músico lançou no ano passado o livro Devil In a Coma (Diabo em Coma, inédito no Brasil), em que relata sua luta contra a Covid-19. Ele afirmou que chegou a ficar completamente surdo e que entrou em coma diversas vezes durante o tratamento contra a doença.

Das coisas mais bonitas que a indie music já nos legou. Nenhuma outra informação sobre causa da morte foi revelada até o momento.

Leia Mais
Festival NaLata valoriza a arte urbana na cidade de São Paulo e na França