Um dos ícones do samba no Brasil, o cantor e compositor baiano Riachão morreu nesta segunda (30) aos 98 anos. Faleceu dormindo segundo informações dadas por sua família ao jornal A Tarde.

Nascido Clementino Rodrigues, Riachão foi autor de diversos sucessos do samba, como “Cada Macaco no seu Galho”, “Retrato da Bahia” e “Vá Morar Com o Diabo”. Ele se preparava para lançar um disco de inéditas este ano.

Riachão fez um show incrível no Festival Rec-Beat, aqui no Recife, em 2006.

Leia Mais
Abronca denuncia violência contra população periférica no clipe de “174”