A terceira etapa do projeto Narrativas de uma memória em chamas, de Natali Assunção, estreia mais um espetáculo na próxima terça (29). Ainda escrevo para elas chega ao palco do Teatro Hermilo Borba Filha para uma pequena temporada, falando sobre liberdades e aprisionamentos do cotidiano feminino.

O espetáculo é baseado na linguagem documental que parte de 11 relatos sobre liberdade e prisão do ponto de vista de mulheres. Ainda escrevo para elas é apresentado no formato de monólogo, mas traz diferentes realidades que versam sobre os mesmos temas. A direção é assinada por Analice Croccia e Hilda Torres.

O espetáculo faz pequena temporada no Hermilo Borba Filho, com sessões também na quarta (30) e quinta (31), sempre às 20h. Os ingressos podem ser comprados através do site Sympla.

Serviço

Ainda escrevo para elas

Terça (29), quarta (30) e quinta (31) – 20h

Teatro Hermilo Borba Filho (Cais do Apolo, 142 – Bairro do Recife)

R$ 30 e R$ 15

R$ 30 e R$ 15 

Sem mais artigos