Alceu Valença mostra como enfrentou a pandemia no filme Sem Pensar no Amanhã

Enredo acompanha o músico durante lockdown, período em que criou quatro novos discos

Alceu em cena do filme Sem Pensar no Amanhã. Foto: Pipoca. (Divulgação).

O músico Alceu Valença é estrela do filme Sem Pensar no Amanhã, dirigido por Marcos Credie, que acompanha o artista durante a quarentena, período em que produziu novas canções, revisitou a própria obra e desenvolveu quatro novos discos. A produção chega em pay-per-view nesta sexta-feira (15), e é o primeiro lançamento do coletivo Pipoca.

Em meio a pandemia, Alceu entrou em estúdio para trabalhar com as composições feitas em seu apartamento no Rio de Janeiro. Em um dos quatro álbuns criados, teve colaboração do guitarrista e fiel companheiro Paulinho Rafael, que veio a falecer meses após as gravações. O enredo gira em torno da fase produtiva do artista, promovendo um material afetivo para os fãs.

Sem Pensar no Amanhã  traz depoimentos do filho Rafael Valença, da esposa Yanê Valença, do produtor Rafael Ramos e do engenheiro de som Matheus Gomes, além de cenas de Alceu discutindo arranjos e gravando as músicas.

A produção é o primeiro lançamento do coletivo independente Pipoca, que desenvolve comunidades em torno de paixões do brasileiro, sem distribuidores intermediários ou dependência de algoritmos, com a renda gerada a ser direcionada para o artista. Ao comprar o acesso ao filme, o fã terá direito de assistir o material por um mês, pagando diretamente na plataforma do projeto.

O conteúdo não será distribuído nos cinemas ou streamings. E a compra estará disponível no Sympla, a partir desta sexta-feira (15), por R$ 12,00.

Filme chega ao público em julho. Foto: Pipoca. (Divulgação).
Leia Mais
Forninho Traxx celebra dois anos e agita a cena clubber recifense neste sábado