A sensualidade e a melodia do R&B se juntam ao desatino e melancolia do brega em “ROSSI”, primeiro EP do cantor e rapper Alemar. O projeto é uma digna homenagem a Reginaldo Rossi, ícone da música brasileira, falecido em 2013. Com sete faixas, incluindo um interlúdio, o disco tem a sonoridade marcante do trapsoul, gênero mais romântico do trap. Na parte lírica, as letras sofrem grande influência do Rei, mas com um toque essencial de hip-hop.

“O EP foi pensando no ano de 2018, mas só comecei a produzir no segundo semestre de 2019, lá no estúdio DiResponsa, na Zona Norte, por intermédio do meu amigo e produtor Gilberto Ganjaboa. Eu pensei em dar a cara melancólica do Rossi, a dor que só o amor consegue entregar em pratos frios. Ele era o Rei nisso. Cresci ouvindo brega. Na periferia da cidade de Itapevi só rolava forró, brega e rap”, afirma Alemar.

O disco também é acompanhado de um mini documentário, já disponível no YouTube. As imagens revelam detalhes do processo criativo do projeto, produzido por TH, RIFF e Léo Machion. O audiovisual foi dirigido por Adler Alcaraz, com edição de Bruna Barreto.

Leia Mais
Músicas novas da semana com Anitta e Cardi B, Carne Doce, Faye Webster, Rico Nasty e Sam Smith