A compositora, cantora e percussionista Alessandra Leão lança, em todas as plataformas de streaming, “Borda da Pele’, primeiro single de seu novo álbum, Acesa, que tem lançamento previsto para o dia 10 de
novembro.

Contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2017-2018, o disco é composto por 10 faixas e produzido e arranjado pela artista ao lado do produtor musical Caê Rolfsen, com quem lançou Macumbas e Catimbós, indicado ao Grammy Latino 2019. O álbum é a finalização do projeto de mesmo nome, que passou por diferentes etapas.

Papo com o artista circense recifense Alan Sencades: “Estamos em um contexto doentio e a arte é um instrumento de cura”

A pandemia do novo Coronavírus impactou fortemente o mundo das artes em diversos países. Por isso, grande parte das instituições estão fechadas, assim como shows, peças e apresentações foram cancelados. Uma das linguagens mais afetadas são as artes cênicas, fundamentadas no encontro e na presença física. Com a proibição de eventos culturais presenciais durante mais de um ano, os artistas, de forma individual ou em grupo, buscam soluções para continuar a criar, refletir sobre o momento histórico e produzir conhecimento […]

Read more

Na primeira delas, Alessandra Leão realizou conversas em caminhadas livres, sem roteiros pré-determinados, com mestres, músicos e líderes religiosos ligados às tradições do Coco, Ciranda, Maracatu de Baque Solto, Jurema, Umbanda e Candomblé dos estados de Pernambuco, Paraíba e São Paulo. Em um segundo momento, os bate-papos foram transformados em web-série, disponível no canal do Youtube da artista e fizeram parte do processo de pesquisa para o novo trabalho.

“Borda da Pele”, composição de Alessandra em parceria com a escritora Micheliny Verusnk e Caê Rolfsen, mostra a principal característica de Acesa: trata-se de um disco todo pensado a partir de arranjos com sintetizadores, que permitiram a criação de novos sons, timbres e texturas. “O que tem me instigado muito na formação instrumental desse trabalho é a possibilidade de criar e processar os sons de outras maneiras que eu não usava anteriormente ou que tinha utilizado pouco”, conta Alessandra. “Essa canção tem bastante percussão e um synth mais agudo como base”, comenta sobre o single.

Leia Mais
Troféu HQ Mix anuncia lista completa dos indicados deste ano