Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

é o novo álbum em quadrinhos de André Dahmer, que chega às livrarias e comic-shop este mês. O livro traz uma crítica afiada sobre o panorama da arte através do ponto de vista do personagem do título, um escritor amargurado.

Artista plástico e desenhista, é mais conhecido como o criador da tira Malvados. Um dos alicerces do autor é o modo como ele capta a cultura da rede para subvertê-la. A fina ironia da tira se tornou um sucesso na web e ganhou posteriormente edições em livro.

Neste Vida e Obra de Terêncio Horto, Dahmer trata de outros de seus assuntos favoritos, a arte. “Escritor eternamente frustrado, tão ambicioso quanto amargurado, Terêncio passa os dias em frente a uma máquina de escrever, seja redigindo suas memórias, seja dando vida a personagens cínicos, desiludidos e de um pessimismo assombroso. É a partir desse esqueleto enganosamente simples que Dahmer vai dar vazão a impressões sobre literatura, pintura, música e, por que não?, sobre a vida em geral”, diz a sinopse.

O livro é um lançamento da Quadrinhos da Cia., selo de HQs da Companhia das Letras. Com 256 páginas, o livro custa R$ 52.

Sem mais artigos