Ernest & Celestine, indicado ao Oscar, está no Animage. (Divulgação).
O delicado "Man On The Chair" está em competição. (Divulgação).
O delicado “Man On The Chair” está em competição. (Divulgação).

O Animage anunciou a programação completa da edição deste ano, que acontece entre esta terça (16) até 28 de setembro em diversos lugares de Recife e Olinda. Todas as sessões têm entrada gratuita.

Leia Mais
Veja a programação completa do Animage este ano

Entre os destaques desta edição estão o cineasta Alê Abreu, de O Menino e o Mundo, vencedor do último festival de Annecy, o mais importante do mundo. Ele também fará parte do júri da mostra competitiva deste ano e assinou a vinheta e ilustração do Animage 2014.

A sessão de abertura do evento traz o documentário Is The Man Who Is Tall Happy?, do francês Michel Gondry, diretor de Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças. Através de uma série de entrevistas, Gondry ilustra as teorias de Noam Chomsky num documentário animado, onde a criatividade e imaginação do diretor servem ao rigor intelectual de Chomsky. O longa foi exibido com sucesso no Festival É Tudo Verdade.

Além dele o Animage traz ainda sessões no Cinema São Luiz dos longas Até Que A Sbornia Nos Separe, de Otto Guerra, O Menino e o Mundo e Ernest & Celestine, o longa belga indicado ao Oscar de melhor filme de animação este ano. CHEATIN, do norte-americano Bill Plympton, e Sinfonia Amazônica, primeiro longa-metragem de animação brasileiro, dirigido por Anélio Latini Filho, também fazem parte da estreia.

Ernest & Celestine, indicado ao Oscar, está no Animage. (Divulgação).
Ernest & Celestine, indicado ao Oscar, está no Animage. (Divulgação).

Mostras
O Animage realizará mostras especiais temáticas além da tradicional mostra competitiva. O grande animador escocês Norman McLaren receberá uma seleção de seu trabalho. Na segunda mostra especial, uma seleção de curtas apresentados no Festival Internacional de Animação de Ottawa, organizada pelo curador canadense Chris Robinson.

E pelo terceiro ano consecutivo o evento promove a concorrida Mostra Erótica, com produções que giram em torno da sexualidade, com cores e formas provocativas. E ao lado da exibição de “O Menino e o Mundo”, esta sessão vai contar com o recurso da audiodescrição para pessoas com deficiência visual. Três narradores vão explicar as partes mais importantes da narrativa de cada obra.

Ao todo, 611 filmes foram inscritos, de 52 países. Os selecionados pela curadoria do festival serão exibidos em sessões no Cinema da Fundaj e Caixa Cultural Recife por seis dias, concorrendo nas categorias Melhor Curta- Metragem, Melhor Curta Brasileiro, Melhor Curta-Metragem – Prêmio do Público – esses com prêmios em dinheiro – e Melhor Som. O júri deste ano é formado por Alê Abreu, o já citado Chris Robinson e Regina Pessoa, animadora e artista plástica portuguesa.

Fuga Animada, de Augusto Gustavo Roque. (Divulgação).
Fuga Animada, de Augusto Gustavo Roque. (Divulgação).

Descentralizado
O festival este ano realiza exibições em diversos pontos do Recife e Olinda: Centro Cultural Correios, Caixa Cultural Recife, Cine São Luiz, Cinema da Fundaj, Portomídia, Hospitais IMIP e Barão de Lucena.

Há ainda sessões ao ar livre no Alto José do Pinho, Praça do Carmo (Olinda) e Parque da Jaqueira. Para estes locais, a curadoria escolheu produções em animação para todas as idades, predominando produções infantis, com filmes de temáticas leves.

Regina Pessoa comenta seu trabalho. (Divulgação).
Regina Pessoa comenta seu trabalho. (Divulgação).

Masterclasses e oficinas
Na área de formação, o Animage realiza masterclasses no dia 24 com o búlgaro radicado no Canadá Theodore Ushev, que vem falar dos métodos experimentais que tem usado em seus filmes. No dia 25, a portuguesa Regina Pessoa, que faz uma análise de seus trabalhos no cinema.

A abertura será dia 23 de setembro com a dupla belga Emma de Sweaf e Marc Roels, que falam sobre o processo de criação do curta “Oh Willy…”. As aulas acontecem na Caixa Cultural Recife e Centro Cultural Correios.

Já as oficinas serão realizadas no Centro Cultural Correios, Caixa Cultural Recife e Portomídia. Nessas oficinas o público poderá conhecer melhor técnicas de Direção para Stop Motion, Efeitos Especiais em 3D, Pixilation (para surdos), Desenho Animado (para crianças) e Animação em Vinil. Estes workshops são gratuitos e a depender da área, são abertos para crianças ou adultos, iniciados ou não na área de animação. Além delas, há oficinas nos Hospitais IMIP e Barão de Lucena, essas voltadas para crianças em tratamento nessas instituições.

Leia Mais
Documentário O Amor Dentro da Câmera apresenta um romance marcante para o cinema brasileiro