Apuke, integrante do Quebrada Queer, lança EP de estreia, Aleatório

O ttrabalho traz como base as próprias vivências lésbicas da artista

Foto: Divulgação.

Depois de divulgar o trap “Ca$Ada Com Ela”, Apuke, integrante do Quebrada Queer, entrega seu primeiro EP, Aleatório. Com quatro faixas inéditas e autorais, o projeto foi composto de maneira muito pessoal, trazendo como base as próprias vivências lésbicas da artista, além de destacar reflexões urgentes sobre a importância da mulher na indústria musical, sobretudo como produtora, intérprete e compositora.

“Esse trabalho é sobre o momento, sobre a necessidade de se expressar de forma simples e executar através do desejo de transformar experiências em arte. É sobre sentir e executar! Também faço uma provocação: quantas músicas produzidas por mulheres estão nas playlists do público? E quantas dessas são de mulheres lésbicas? Qual o número de letras sobre o amor lésbico? Meu intuito é trazer esses questionamentos para o centro do debate, além de falar de liberdade de expressão, liberdade de criar, fazer, inventar e vivenciar”, ressalta.

Ao todo, ‘Aleatório’ chega para inspirar e evidenciar para todas as mulheres lésbicas e LGBTQIA+ que as cenas do rap, do trap e do funk também as pertencem.

“Tive coragem de mostrar que sou uma artista eclética e que tem capacidade de fazer beat, cantar, escrever, de dirigir um clipe, de pensar no roteiro e no figurino. Esse trabalho serve para exaltar o potencial de uma mulher periférica que aprendeu quase tudo sozinha…E acho que a partir de agora não me limitarão ou me enxergarão mais apenas como a beatmaker ou a DJ. Eu, enquanto mulher, todos os dias ter força para levantar e falar que consigo e que vou dar o melhor de mim é toda a construção desse trabalho. Isso também é revolução”.

O EP está disponível nas plataformas de streaming.

Leia Mais
Lendas urbanas de Xuxa e Fofão viram HQ