casa2

A Casa do Cachorro Preto, em Olinda, abre mais uma vez seu espaço para a gravura. O artista plástico preparou uma exposição especialmente para o local, que ficará em cartaz durante o mês de agosto. A abertura da exposição acontece neste sábado (2), às 18h, com a participação dos DJs Vinícius Leso e Ravi Moreno.

Leia Mais
Mau Mau, um quintal dedicado à arte

São cerca de 30 gravuras em linóleo, inéditas, produzidas em 2013-2014, quando participou a oficina de fabricação de papel e gravura realizada no Atelier “Peligro” e neste ano na oficina de gravura da Galeria Mau Mau. Ele é um dos responsáveis pela Gráfica Lenta, iniciativa que reuniu um grupo de gravadores em uma proposta que vai de encontro aos movimentos frenéticos dos dias atuais. Além dessas, também farão parte da exposição algumas gravuras em metal, produzidas em 1996, mas que nunca foram expostas.

Maurício ficou conhecido nos últimos 10 anos por esculturas de ferro e mecanismos para teatro e cinema, além de cenografia e direção de arte. Agora o artista se dedica ao desenho, à gravura e à pintura. Em 1994 ele realizou a Individual “Gravuras”, na Galeria Vicente do Rego Monteiro da Fundação Joaquim Nabuco, no Recife e na I Bienal Nacional de Gravura”, em São José dos Campos. Já em 1996 esteve na Alemanha com “11. Deutsche Internationale Grafik-Triennale Frechen 1996”, e em 2005 foi para o México com “Gravura Contemporanea do Brasil”, Ex Convento Del Carmen, Guadalajara, México.

Veja algumas das obras dele abaixo. A visitação na Casa do Cachorro Preto vai até 24 de agosto e acontece de quinta a domingo, das 16h às 21h.

casa3

casa2

casa

Sem mais artigos