William Kentridge4

O artista plástico sul-africano William Kentridge traz ao Recife a exposição “Desenhos para Projeção” com curadoria de Moacir do Anjos. A abertura será nesta terça (26), às 19h na Galeria Vicente do Rego Monteiro, na Fundaj do Derby, Zona Central do Recife.

São dez animações que dialogam com o cenário político da cidade de Joannesburgo, com imagens de conflitos interraciais e de desigualdades sociais que relembram o contexto do fim do regime do Apartheid e a reconstrução institucional da África do Sul.

A série é um projeto que o artista deu início no ano de 1989 e seguiu até 2011. São animações que se valem de uma técnica que o próprio Kentridge denomina como “cinema da idade da pedra”. O artista fotografa, frame por frame, alterações que faz sobre um único desenho, em carvão ou pastel: Suprime e inscreve novamente. Na sequência, as marcas brutas permanecem.

Apresentadas na galeria em ordem cronológica, as animações são protagonizadas pelos personagens Soho Eckstein, um poderoso homem de negócios que “comprou metade de Johannesburgo”, Felix Teitlebaum, um solitário cuja “ansiedade inunda metade da casa” e a Sra. Eckstein (mulher de Soho e amante de Felix). Além das dez projeções, também será exibido um documentário com o artista.

A visitação ficará aberta de 27 de agosto a 26 de outubro, de terça a domingo, das 15h às 20h. Mais detalhes no evento do Facebook.

William Kentridge3

William Kentridge2

William Kentridge

Leia Mais
Museu das Favelas estreia projeto voltado às comunidades periféricas