Banda Mundhumano lança o disco Os Deuses Que Dançam exaltando a cultura e a música preta

Álbum é o primeiro de estúdio do grupo e vem para consolidar uma história de quase 10 anos

Banda está na estrada desde 2013. Foto: Mayara Varalho. (Divulgação).

A banda Mundhumano exalta o povo preto, a sabedoria popular e do sagrado no álbum Os Deuses Que Dançam, misturando gêneros tradicionais da música preta mundial. A fim de levar essa visibilidade para além das datas símbolo da consciência negra (13 de maio e 20 de novembro), o grupo abraça essa proposta marcando o lançamento de seu primeiro disco de estúdio.

O grupo, que nasceu em 2013, vinha desde 2020 disponibilizando pílulas do projeto através de singles como “Guerreiras Urbanas”, “Senhor do Tempo” e “Pedra Fundamental”. Produzido por Paulo Monarco, o trabalho tem 10 faixas que protagonizam as sonoridades da capoeira, do samba de roda e de terreiro, da congada, do sagrado, do rap e do hip-hop.

Participam de Os Deus Que Dançam artistas que assim como a banda estão no processo de se lançar na música, como Flávia Carolina (Ave e Eva), Marianna Conceição e Érika Ribeiro.

O álbum veio ao mundo com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura da Cidade de Goiânia.

Leia Mais
Crítica: Tove Lo mantém hedonismo em alta no quinto álbum, Dirt Femme