Bruna Caram segue em turnê cantando a poesia de Gonzaguinha

Projeto veio da live Afeto e Luta e traz repertório que dialoga com a realidade brasileira

Bruna Caram canta Gonzaguinha em turnê. Foto: Bianca Bunier. (Divulgação).

A partir de um projeto de 2020 que deveria ser apenas uma live, a cantora Bruna Caram transformou Afeto e Luta em uma turnê que revive a obra de Gonzaguinha transbordando amor e reivindicando liberdade.

“Tive a oportunidade de cantar Gonzaguinha e percebi o quão pertinentes são as canções dele até hoje e como é importante que o artista se coloque, dê suas opiniões, e tente transformar o mundo a sua arte”, contou Bruna, que começou a acompanhar o trabalho do cantor na juventude dentro de casa.

A cantora se inspira numa obra de quem era mestre em juntar afetividade com a luta para cantar sobre a realidade brasileira. Bruna chega aos 15 anos de carreira com seis discos lançados, um DVD e um papel na TV.Afeto e Luta tem repertório de Jean Wyllys e terá a primeira parte lançada neste segundo semestre com direção de interpretação de Nanan Gonzaga, filha de Gonzaguinha.

Agenda:

19/08 – Embraer Sampa – São Paulo (SP)
25/08 – SESC Carmo – São Paulo (SP)
15/09 – SESC Mogi das Cruzes – Mogi das Cruzes (SP)
22/09 – Bona Sampa – São Paulo (SP)
04/11 – Sampa Vila Itororó – São Paulo (SP)
12/11 – SESC/SENAC Pelourinho – Salvador (BA)

Leia Mais
Dublador do Batman e James Bond, Márcio Seixas estará no Caatingeek, em Serra Talhada