Foto: Bel Evangelisti.
Foto: Bel Evangelisti.

As músicas africana, jamaicana e brasileira compõem o caldo do segundo disco do músico Caê, A Nave de Odé, que chega de forma indepndente às plataformas digitais. O trabalho é inspirado na figura mitológica do orixá Odé, arqueiro caçador e guardião das matas e da humanidade.

Produzido e arranjado pelo próprio Caê, o álbum é sucessor de Estação Sé (2012). A Nave de Odé tem a participação de músicos da cena contemporânea paulistana, entre eles o saxofonista Thiago França, o baterista Sergio Machado e a cantora Juçara Marçal – todos integrantes da banda Metá Metá, além do tecladista Maurício Fleury (Bixiga70).

A participação de Juçara Marçal é na groovada “Zambê”, canção que tem uma sonoridade que remete às orquestras brasileiras de sopros da década de 70, impulsionadas pelo funk norte-americano e ao estilo do afrobeat de Tony Allen e Fela Kuti.

A arte gráfica é assinada pelo designer Maurício Zuffo Kuhlmann, o MZK. Ouça o disco na íntegra no YouTube.

Leia Mais
Novos Sons da Semana: playlist de melhores tem faixas de Kalouv, Boogarins, Robyn, Gorillaz e Cardi B