int_thegreatgatsby_00

O diretor Baz Lurhmann retorna para mais uma adaptação de um hit literário com , escrito por Francis Scott Fitzgerald em 1925. Doze anos antes, ele ficou famoso com o longa Romeu + Julieta, estrelado por Leonardo DiCaprio e Claire Danes. Agora, o diretor estreia seu novo trabalho na prestigiada noite de abertura do , nesta quarta (15), fora de competição.

O Grande Gatsby conta a história de Jay Gatsby, milionário encantador da Nova York dos anos 1920, interpretado por Leonardo DiCaprio. O livro ganhou outras versões para o cinema, sendo a última em 1974 com Mia Farrow e Robert Redford. Para Cannes, a chegada desse novo longa de Luhrman é emblemática: é a primeira vez que o festival exibe um filme com pessoas em 3D.

A obra vem sendo trabalhada como o mais pop dos filmes este ano no mercado internacional, puxado por uma trilha sonora com nomes como Beyoncé, Andre 3000, The xx e Lana Del Rey, além de astros como Leonardo DiCaprio e Carey Mulligan. A estreia em Cannes confere ao evento um tom mais popular e ao mesmo tempo moderno, mas chega como aval da curadoria para Lurhmann e sua visão como diretor. Segundo a Folha, a exibição para a imprensa não foi bem recebida. Nos EUA, onde já estreou, as críticas não tem sido boas, como mostra o Metacritic.

A última vez que ele esteve no festival foi em 2001, quando competiu com o filme Moulin Rouge.

O diretor ao lado dos atores Leonardo DiCaprio, Carey Mulligan e Tobey Maguire (Foto:  L. Otto-Bruc / FDC / Divulgação)

O diretor ao lado dos atores Leonardo DiCaprio, Carey Mulligan e Tobey Maguire (Foto: L. Otto-Bruc / FDC / Divulgação)

Sem mais artigos