Cantor Brenô reflete sobre o cotidiano e sentimentos pessoais com o reggae do novo álbum Floresça

As 11 faixas mostram o artista abrindo espaço para estilos como o pop, o groove e a MPB

Brenô lança Floresça, com reflexões e muito reggae. Foto: Caio Luigi. (Divulgação).

O cantor Brenô lançou o disco Floresça, buscando a aproximação da natureza com a realidade cotidiana dos homens e bebendo de muito reggae. As 11 faixas revelam a face do artista independente com foco no amor, seja na homoafetividade, seja nas primeiras experiências com o sentimento.

Com direção geral de Brenô, direção artística de Caio Luigi e produção musical de Kau Caldas, Floresça dialoga sobre os processos de elaboração pessoal, sobre plantar, semear, cultivar, para assim, florescer. “A proposta aqui é entender que somos da natureza, e, igual a ela, temos nossos ciclos – por isso, temos que vivê-lo, respeitá-lo, celebrá-lo e agradecê-lo. Basta estar disponível para observar e sentir”, explicou o cantor.

O repertório dá protagonismo ao reggae, mas também abre espaços para outros estilos da preferência do artista, como o pop, o groove e a MPB. 

Leia Mais
Adaptação de O Livro dos Prazeres de Clarice Lispector chega aos cinemas