Nome importante do rock brasileiro dos anos 1970, a banda Casa das Máquinas acaba de lançar uma música inédita após 44 anos sem gravar. “A Rua” já está disponível em todas as plataformas de música digitais e fará parte do novo disco da banda, que será lançado no fim desse semestre.

O álbum trará dez faixas. Primeiro single do álbum, “A Rua” foi escrita por Aroldo Binda, um dos primeiros guitarristas da banda, que saiu da Casa há mais de 20 anos e mudou-se para Nova York. A música é uma crítica à situação das crianças que moram na rua e ao descaso do poder público com estes menores. Essa é a primeira vez que a banda grava uma música com um cunho político-social.

Formada atualmente por Mario Testoni Junior (teclados e vocal), Mario Thomaz (bateria e vocal), Cadu Moreira (guitarra, violão e vocal), Geraldo Vieira (baixo e vocal) e Ivan Gonçalves (vocal), a Casa das Máquinas foi construída originalmente em 1973 e lançou seis discos – três em estúdio e outros três de compilações e gravações ao vivo. O grupo é, até hoje, um dos maiores nomes do hard rock e do rock progressivo nacional e uma das maiores referências dos estilos, influenciando até hoje diversos artistas em todo o País.

O novo disco será o sucessor de Casa de Rock, de 1976. Os outros discos são Casa das Máquinas (de 1974) e Lar de Maravilhas (1975), um dos discos mais importantes da história do rock progressivo nacional.

Leia Mais
Rapadura reflete imaginário nordestino e urbano no disco de estreia, Universo do Canto Falado