Foto: Pamela Gachido.

O músico pernambucano Chinaina lança o terceiro clipe do EP Carnaval da Vingança. A versão em ritmo de frevo do sucesso da banda pernambucana Mombojó, “Deixe-se Acreditar”, já está disponível no canal do artista no YouTube.

Chinaina conta como essa música, escrita há 19 anos, foi parar no EP: “Quando compus essa canção junto com Felipe S. e Marcelo Campello, em 2003, nem imaginava que ela acabaria se tornando um dos grandes sucessos do Mombojó. E toda vez que eu ia assistir a banda ao vivo e via o público todo cantando junto, algo me dizia que em determinado momento eu faria uma versão diferente dessa música. E a hora chegou quando comecei a escolher as músicas para o “Carnaval da Vingança”. Pedi para o maestro Nilsinho Amarante criar um arranjo que a deixasse com cara de frevo de rua e ele fez um trabalho brilhante”.

“Deixe-se Acreditar”, assim como as outras faixas do EP, foi produzida por Chinaina. Os músicos Nilsinho Amarante (trombone), Tostão Queiroga (surdo, caixa, pandeiro e pratos), Alex Santana (tuba), Fabinho Costa (trompete) e Gilberto Pontes (sax tenor e alto) participaram da gravação. A canção ainda foi coroada com o talento de seu coautor, Felipe S. (Mombojó), que dividiu os vocais com Chinaina. A mixagem e a masterização foram realizadas por Buguinha Dub.

“Carnaval da Vingança” é o novo EP do músico, cantor e compositor Chinaina, que já está disponível nas principais plataformas digitais através do selo Pedra Onze. O repertório mescla músicas inéditas e regravações de duas de suas composições mais conhecidas. Em seu sexto trabalho solo, Chinaina combina duas de suas referências seminais: o frevo e o hardcore.

O EP abre com a inédita “Carnaval Infinito”, samba-reggae escrito em parceria com a multi-instrumentista Michelle Abu. Na sequência, Chinaina divide os vocais com Felipe S. na nova versão do sucesso do Mombojó, “Deixe-se Acreditar”. A terceira faixa é “Hardcore Brasileiro”, lançada originalmente em 1999 pela banda Sheik Tosado, que ganha releitura com orquestra regida pelo maestro Nilsinho Amarante. Com intenção de roda de pogo, acelerando o passo dos habituais 150 BPM para 180 BPM, a música comprova definitivamente a tese de que o hardcore brasileiro é o frevo. O encerramento de “Carnaval da Vingança” traz a participação especial de Cannibal, vocalista da lendária banda Devotos, em “Virando Papangú”, a outra inédita do EP. A arte da capa e o projeto gráfico são de autoria de outro integrante da Devotos, Neilton Carvalho.

Leia Mais
Anitta concorre a melhor artista latina no MTV EMA 2022