Comida é arte: Rua da Aurora movimentada (Foto: Andrea Rego Barros).

Comida é arte: Rua da Aurora movimentada (Foto: Andrea Rego Barros).

Recife vai receber o novo Clube de Arte Moderna. A proposta: movimentar o , o Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães e também a região da Rua da Aurora (que já tem o Som na Rural, o EcoModa e outras iniciativas legais). Inicialmente os encontros acontecerão duas vezes por semana, às quartas e sextas, até o mês de maio.

Leia Mais
Realidade aumentada na arte contemporânea
Arte e sexo no Mamam
Nova geração da curadoria de arte

O centenário casarão de número 265 da Rua da Aurora, onde hoje funciona o Mamam, já abrigou em outros tempos o Clube Internacional de Regatas do Recife, construído para ser a sede do segundo clube social do país e cenário de muitos bailes nos idos de 1920. Agora, a direção do museu é evocar essa boa fase, com encontros abertos ao público e que envolvam música, artes visuais e gastronomia.

Um desses eventos será a Sexta da Pesada – que será realizada toda sexta-feira com a presença de um artista, a diretora do Museu, Beth da Matta, que além de artista, é também cozinheira e gastrônoma, e de um representante da música. Nesta primeira edição, que acontece das 16h às 21h, Beth comanda a alquimia dos sabores e ingredientes acompanhada do artista plástico Marcelo Silveira, que está expondo no Mamam a mostra “O Guardião de Coisas Inúteis”.

Para entreter as conversas dos visitantes, a música fica por conta do agitador cultural Roger de Renor. Quem for ao Museu de Arte Moderna nesta sexta-feira poderá conferir também a exposição Entretanto, que ocupa o térreo do equipamento cultural. A mostra é coletiva e, através da curadoria de Gentil Porto Filho, reúne obras adquiridas pelo museu no ano de 2001.

Mais comida e arte no meio da semana

A segunda ação do Clube de Arte Moderna, que acontecerá às quartas-feiras, é a Cozinha Kovacic. No meio da semana, o chef Cláudio Kovacic apresenta seu Menu Confiança, em sete pratos diferentes a cada semana.

Sem mais artigos