Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

PARA TODOS
Grupo escocês trouxe ao Recife músicas inéditas, hits, b-sides e exagero de carisma para agradar quem chegasse

Por Fernando de Albuquerque

Os que já conheciam o Franz Ferdinand desde sua estreia em 2002 não podiam esperar mais do que um show incendiário na madrugada desta sexta-feira santa, no Baile Perfumado, Zona Oeste do Recife. O grupo, que já é freguês canarinho, com apresentações em grandes e pequenos festivais brasileiros, chegou pela primeira vez ao Recife e trouxe na bagagem boa dose de carisma. E não faltaram hits, faixas menos conhecidas e, como era esperado, várias músicas inéditas.

Embora a apresentação, que contou com abertura da pernambucana Sweet Fanny Adams, tenha sido enxuta, com menos de 1h30, os maiores hits dos três álbuns foram entoados com vigor pelo público, sensibilizado pela entrega dos músicos. Alex Kapranos, um excelente frontman, foi o responsável por levar a bandeira pernambucana autografada, falar “oxente”, além de citar “recife”, com bom sotaque escocês, várias vezes durante toda a performance.

Foto: Rafaella Soares/Revista O Grito!

Foto: Rafaella Soares/Revista O Grito!

A banda ainda estava contida durante as primeiras músicas, como “I’ll Never Get Your Bullet Out Of My Head” (faixa inédita que abriu o show), “No You Girls”, “Tell Her Tonight” e “The Dark Of Matinée”. Mas nada como um público efervescido e pedindo para ser flamejado para a descontração tomar o quarteto. O que começou com alguns pulinhos e breves deslocamentos, explodiu em uma performance extremamente animada de “Do You Want To?”, um dos maiores hits do segundo disco, You Could Have It So Much Better (2005).

Kapranos não parou de sorrir e pular em nenhum instante e sempre que precisava de um intervalo, vociferava elogios e agradecia ao Recife por estar ali. Não podemos falar o mesmo do (des)ânimo do baterista Paul Thomson e do baixista Bob Hardy. Este último até ensaiou alguma interação quando, após uma breve pausa do grupo, jogou garrafinhas d’água para as meninas do gargarejo.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

A presença dos fãs se mostrou evidente em uma das mais lentas da noite, “Walk Away”, que contou com o momento clichê “mãos-para-lá-e-para-cá” puxada pelo próprio Kapranos que parou de cantar nessa e em várias outras músicas para ouvir a multidão cantarolando em uníssono. Em “Do You Want To”, o público apareceu como backing vocal em um movimento não ensaiado que pareceu surpreender a banda. Como era de se esperar, “Take Me Out” foi um dos momentos mais animados do show. Só foi preciso o primeiro acorde de guitarra para o público entender qual música viria, respondendo com repetidos pulos e gritos.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Já no bis veio a belíssima “Trees & Animals”, mais uma música inédita já executada em outros shows. Em seguida, a apoteose foi “This Fire”, explosiva e ideal para fechar de forma enérgica como no início da apresentação. Dava para ouvir a plateia cantarolando a paródia “burn reciiife, burrrrn reciiiiifeee”. E o final não poderia ter sido menos apoteótico com o quarteto se despedindo de um público plenamente convencido de que são poucas as bandas de rock que, ainda hoje, somam uma boa coletânea de hits na carreira, um grande público, mas ainda mantém o mesmo espírito independente do início.

O Franz Ferdinand é uma das atrações do Lollapalooza, em São Paulo, neste sábado. Com hits e novidades do disco ainda inédito, certamente é algo a não se perder.

Setlist (atualizado)
I’ll Never Get Your Bullet Out Of My Head (Nova música)
No You Girls
Tell Her Tonight
Fresh Strawberries (Nova música)
The Dark Of Matinée
Right Thoughts (Nova música)
Do You Want To
The Blackpool Illuminati (Nova música)
Bring Me Your Love
Michael
Evil Eye (Música nova)
Take Me Out
Ulysses
Good By Lovers and Friends
Can’t Stop Feeling
Outsiders
Walk Away
Stand On The Horizon (Nova música)
Trees & Animals (Nova música)
This Fire

VEJA MAIS FOTOS DO SHOW

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Uma vibe Ian Curtis (Foto: Rafaella Soares/Revista O Grito!)

Uma vibe Ian Curtis (Foto: Rafaella Soares/Revista O Grito!)

Foto: Paulo Floro/Revista O Grito!

Foto: Paulo Floro/Revista O Grito!

Post atualizado às 12h39 (29/03) com a ordem correta das músicas no setlist

Sem mais artigos