O festival No Ar anuncia a programação completa da edição que acontece de 11 a 23 de janeiro. Estão previstos shows, apresentações em 3D, oficinas, masterclass, mentorias e o seu famoso Call Center. A programação é completamente gratuita e as inscrições podem ser feitas através do site do festival.

Mais de dez opções de cursos serão disponibilizadas para o público. “A ideia é fazer uma programação onde os participantes realmente fiquem com tesão e vontade de continuar online e nos seus computadores, uma vez que o isolamento ainda é uma questão urgente no mundo”, comenta Ana Garcia, idealizadora e diretora do Festival.

A programação terá início na segunda-feira (11), a partir das 19h, com a cantora MC Tha, que pela primeira vez ministra a oficina “Abrindo os Caminhos”, para começar o ano de 2021 com muita saúde, proteção, diversão, música e sorte. 

Na terça-feira (12), a partir das 17h, o Coquetel oferece um mega encontro com Perera Elsewhere. Aprodutora, compositora e DJ britânica radicada em Berlim irá ministrar via Zoom, atividades explicando como criar, gravar e processar sons. O processo ocorre entre os dias 12, 13 e 14 e será documentado e exibido em uma apresentação inédita e exclusiva que poderá ser conferida no dia 15 de janeiro pelo público, no Espaço Pontes – Oi Futuro British Council, do mundo 3D do festival. 

Para finalizar sua participação no CQTL MLTV, Perera Elsewhere participa de um Talks com Papisa no dia 19 via Youtube. Essa parceria com a produtora só foi possível pelo edital da Oi Futuro com British Council.

Ouça mais novidades musicais na nossa página Novos Sons!
Leia mais críticas de novos discos aqui na Revista O Grito!

No Call Center, está programado um bate-papo com a cantora, compositora e rapper Bixarte, na quarta-feira(13), a partir das 20h.O tema é Corpos e Identidade na Música.

Também na quarta (13), o público poderá imergir em um universo bastante promissor que é o mundo dos Gifs. Onde será possível aprender a fazer GIFs com a pernambucana biarritzzz e, das 19h às 20h a Uninassau apresenta: Heloisa Pimentel – mundo geek no ensino superior – Mundo Imersivo 3D.

A programação dos Encontros também traz temas relevantes atuais como a questão Artista ou Influencer? que terá duas rodas de conversa com mediação de Benke Ferraz. A primeira acontece na quinta-feira (14), com Amaro Freitas, Tuyo e Aretha Sadick e no dia (21), com Brvnks, Luiz Lins, Mel e Romero Ferro. No mesmo dia, às 20h15, acontece o Momento TNT, com Reverse – Mundo Imersivo 3D.

Também em dois ciclos de encontros, acontece na sexta-feira (15), um worshop de Experiências imersivas em mundo 3D, com Iracema Trevisan, Rosabege (que desenvolveu o mundo 3D do festival), Branca Shultz, Rodrigo de Carvalho e Gabriel Massan. No mesmo dia, ocorre a oficinado Imersivo ao Digital, com Ale Paes Leme, Anna Costa e Silva e Magiluth. Ambos com mediação de Amnah Asad e às 21h, Show de Perera Elsewhere no Mundo Imersivo 3D.

Jup do Bairro é um dos destaques entre as novas vozes do pop. Foto: Thiago Felix.

Na segunda (18), é a vez de Tiê, Amanda Mittz, Luiza Caspary com mediação de Mariama da Mata discutirem sobre como fazer música acessível. A ideia é mostrar a qualidade do que vem se produzindo musicalmente no Brasil e debater questões ligadas às pessoas com deficiência no intuito de levar informação e diversão para o maior número possível de telespectadores.

Na terça (19), das 16h às 17h rola um super Pitching, via Zoom, além de mais uma rodada de Oficina de GIFs: Animated Text com biarritzzz e Talk com Perera Elsewhere e Papisa, no Youtube.

O artista pernambucano Johnny Hooker também entra na programação na quarta-feira(20), quando fala sobre processos criativos, com o público.

Para esquentar mais ainda a programação, na quinta-feira (21), das 20h30 às 21h30, vai rolar a oficina inédita, Como usar um Dildo?, com o Coletivo Senta, no Zoom. Durante a pandemia houve um aumento na compra de vibradores, por isso, Uno da página Senta foi convidado para apresentar para os telespectadores, dildos diferentes. Ele fará isso ao vivo de um sex shop. 

Já na sexta-feira (22) e no sábado (23) o público será presenteado com o lançamento da primeira série do Festival, que será apresentada pelo Youtube, através de dois capítulos.

Em todos os dias do festival o público vai poder circular pelo Mundo Imersivo 3D criado pelo grupo Rosabege especialmente para a ocasião e que vai ter acesso pelo site do festival. O público não precisa baixar aplicativo ou qualquer outro programa. Basta escolher seu avatar e percorrer o espaço com três andares.

Estas ativações virtuais incluem espaços para ouvir as novidades sonoras da Natura Musical, visitar uma exposição inédita com a linha do tempo através dos posters dos 16 anos de festival, participar da palestra sobre o mundo geek com Heloisa Pimentel no stand da Uninassau (12/1), dar um pulo no espaço da TNT e curtir o DJ set com Reverse (14/1), ver a Galeria Aberta de artistas LGBTQI+ com curadoria de TRANSÄLIEN (MARSHA!) e conferir uma galeria com as obras audiovisuais inéditas do edital lançado para novos artistas pernambucanos: Ciel Santos, Guma, Hood Bob, Mooniz e Siba Carvalho.

Dá até mesmo para dar um pulo na praia e ver o mar no quiosque da Itaipava ou conferir o espaço para maiores de 18 anos com curadoria do Senta

O ponto alto do festival é a Série CQTL MLTV, obra conceitual audiovisual gravado parte em São Paulo, na Fauhaus, e parte no Criatório, um ateliê/estúdio com paisagem bucólica em Gravatá, interior de Pernambuco e a 100 km da capital. Um material inédito que será dividido em dois episódios e que encerra a programação do festival no Youtube do festival com exibição nos dias 22 e 23 de janeiro. No lineup, um recorte do melhor da cena contemporânea nacional e uma novíssima cena atual pernambucana. 

A diversidade musical floresce com presenças como a da revelação Jup do Bairro, o regionalismo do tambor de ilú de Alessandra Leão, a psicodelia dos goianos do num encontro inédito com a avant-garde Ava Rocha, o metal e o peso do Test, o trabalho performático da carioca trans Aretha Sadick, além do flow de um dos maiores expoentes do trap nacional, o paulistano Derek.

E pra completar, a Natura Musical soma no lineup com a apresentação da tradição da ciranda de , o instrumental refinado e torto de Amaro Freitas e as letras sensíveis e tocantes e o beat complexo do trio Tuyo. Todos artistas com trabalhos lançados pela marca que mais investe em música. 

Também fica claro o recorte voltado para cenas artísticas pernambucanas, com um belo recorte do que há de melhor da cena local em revelações como Luiz Lins, compositor da zona da mata pernambucana que bebe do hip hop, rap e R&B e traz uma sonoridade que passeia pela MPB, soul e brega.

O festival traz ainda a composição forte e a voz marcante de Martins, o regionalismo do violão certeiro de Bella Kahun, natural de Garanhuns e integrante do PE SQUAD, a poesia falada, o spoke de , que já representou o país no Poetry Slam World Cup em Paris (2018) e foi convidada da FLIP 2019.

Lia de Itamaracá, que se apresenta no No Ar, em foto de José de Holanda.

Este lineup também reserva atrações como o coletivo Avoada de Marília Parente, Feiticeiro Julião, Juvenil Silva e Marcelo Cavalcante com seu rock rural, psicodelia e música popular nordestina. A música experimental, que sempre foi uma marca do evento, vem com o instrumental eletrônico de Thelmo Cristovam, com o improviso e a música computadorizada e de instalação do Hrönir, além do noise experimental lo fi do projeto solo do músico, compositor e produtor Cássio Sales, Miãm.

Através da Convocatória do CQTL MLTV criada para promover mentorias para carreiras artísticas em início de construção, o festival quer impulsionar o cenário independente de Pernambuco com a seleção de diversos artistas e grupos selecionados. Entre eles: Siba Carvalho, Ciel Santos, Guma, Mooniz e HoodBob, na categoria Criação Artística. Caio Lira, Carlos Ferrera, Galvöao, Luamarte, Marília Parente, Nolasco, Ororo, Platônicca, Schnneider e Yannara, para Mentorias. E A Trupe Poligodélica, Carlos Ferrera, Gabriela Martinez, Marília Parente, Matheus de Bezerra, Mono.blu, Mun Há, Ororo, presságio, RoB, Schnneider e Surt, no  Pitching.

PROGRAMAÇÃO 

11/1

19h – 20h – Oficina Abrindo os Caminhos com MC Tha – Zoom

12/1

15h – 17h – Oficina com Perera Elsewhere – Zoom

19h – Uninassau apresenta: Heloisa Pimentel – mundo geek no ensino superior – Mundo Imersivo 3D

13/1

15h – 17h – Oficina com Perera Elsewhere – Zoom

20h – Call Center com Bixarte – Zoom

14/1

15h – 17h – Oficina com Perera Elsewhere – Zoom

19h – Artista ou Influencer? O cansaço de acumular as funções, o limite das bolhas e monetizando nas redes com Amaro Freitas, Tuyo, Aretha Sadick, Mahal Pita e Martins mediado por Benke Ferraz (Boogarins) – Zoom

20h15 – Momento TNT com Reverse – Mundo Imersivo 3D

15/1

19h – Experiências imersivas em mundo 3D com Iracema Trevisan, Rosabege, Branca Shultz, Rodrigo de Carvalho, Gabriel Massan mediado por Amnah Asad – Zoom

21h – Show Perera Elsewhere no Mundo Imersivo 3D

18/1

16h – 17h – Pitching – Zoom

19h – Fazendo Música Acessível: Tiê, Amanda Mittz, Luiza Caspary mediado por Mariama da Mata – Youtube

19/1

16h – 17h – Pitching – Zoom

16h – 17h30 – Oficina de GIFs: Animated Text com biarritzzz – Zoom

19h – Talk com Perera Elsewhere e Papisa – Youtube 

20/1

20h – Call center com Johnny Hooker – Zoom

21/1

19h – Artista ou influencer? O cansaço de acumular as funções, o limite das bolhas e monetizando nas redes com Luiz Lins, Brvnks e Romero Ferro com mediação de Benke Ferraz (Boogarins) – Zoom

20h30 – 21h30 – Oficina: como usar um dildo? com Senta – Zoom

22/1

19h – Experiências do imersivo ao digital com Ale Paes Leme, Anna Costa e Silva, Magiluth mediado por Amnah Asad – Zoom

21h – Exibição série No Ar episódio 1 – Youtube

23/1

21h – Exibição série No Ar episódio 1 – Youtube

Leia Mais
Os quadrinhos de fevereiro de 2021: Final de Estranhos no Paraíso, Guarani, Meu Mundo Versus Marta, Red Sonja e Junji Ito