A dançarina Flavia Pinheiro. Foto: Danilo Galvão.

O Festival No Ar Coquetel Molotov.EXE acontece na próxima segunda (29) em formato de Revista Digital. A edição online do evento realiza sua segunda edição com apresentações inéditas, oficinas e masterclasses. Entre os nomes confirmados estão os músicos Thiago Pethit, Vitor Araújo, a performer e coreógrafa Flavia Pinheiro e a curadora independente Paulete Lindacelva.

Somam-se a eles os trabalhos de Afroito, Aurora Jamelo, Babi Jaques e Lasserre, DJ Incidental, DJ Punny, Evelli Eller, Hanni Palecter, Inaê Silva, JEAN, Kleber de Oliveira, Matheus de Bezerra, Mayara, Okado do Canal e RENNA, artistas pernambucanos selecionados via convocatória online.

“O formato de revista digital é algo que sempre amei. Quem conhece a nossa história, sabe que começamos com um programa de rádio e logo em seguida com um zine e revista impressa. O conteúdo está ficando incrível e um pouco mais experimental. Isso ainda vai se desdobrar em mais coisas legais que não posso contar ainda. Muito animada”, comentou Ana Garcia, diretora do festival.

De São Paulo, Thiago Pethit marca sua participação ministrando um vídeo/oficina em que ensina técnicas de preparação, respiração e expressão corporal para apresentações em público. Com quatro discos lançados, ele tem formação em teatro e atuou em diversos espetáculos teatrais além do cinema (em 2016, estrelou como o protagonista Diego no primeiro longa-metragem dirigido por Vera Egito, Amores Urbanos).

A dançarina Flavia Pinheiro com um vídeo/performance inédito em parceria com Francisco Baccaro. Seus trabalhos envolvem o corpo em movimento em relação a diferentes dispositivos. Flavia tem uma bagagem extensa na dança. Formada em Artes Cenicas na UFPE, a coreógrafa ainda fez mestrado em História da Arte na UNSAM (Universidad de San Martin/ Argentina) e é pós – graduada em Arte Visuais-Linguagens Artísticos Combinados no UNA (Argentina). Em 2016/17 foi premiada com a Bolsa Funarte para Formação em Artes Cênicas, estudando no Centre Nacional de la Danse CND/Pantin na França.

Já Vitor Araújo lançará uma vídeo-performance original, realizada em parceria com o cineasta pernambucano Pedro Maia de Brito, vencedor do prêmio do júri de melhor filme no último Festival de Brasília. O trabalho foge radicalmente aos moldes das “Lives” tão presentes durante a pandemia e versa tanto sobre o ato de compor quanto sobre as propriedades que uma música pode ter para se transformar, se reciclar e se reproduzir em novas composições.

Paulete Lindacelva é curadora independente, DJ, artista visual e apresentadora. Sua pesquisa se interessa por questões raciais, desobediência de gênero e políticas de afirmação. Em 2019 criou o programa de rádio Mote, além de apresentar desde 2020 o webshow Manas e Monas. O Mote é um espaço que promove a reflexão, a partir de questões filosóficas e um olhar contemporâneo, sobre a arte e a cultura, fazendo ainda um mergulho nos processos criativos de cada convidado. Para o Coquetel Molotov.EXE ela bate um papo com a convidada artista/curadora/pesquisadora Yná Kabe Rodríguez.

O Coquetel Molotov. EXE é um projeto contemplado pela Lei Aldir Blanc em edital realizado pela Secretaria de Cultura de Pernambuco e conta com patrocínio do Prêmio Funarte Festivais de Música 2020, parceria da Mídia Ninja, S.O.M., Abrafin e realização da Coda Produções. A curadoria desta edição tem como convidada especial a pesquisadora audiovisual e produtora cultural Libra Lima.

Leia Mais
Bruna Pena fala dos amores em tempo de redes sociais no novo single “Scrooling”