Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

Father John Misty traz canções de amor bem longe do óbvio

Father John Misty abriu suas entranhas para entregar o disco mais apaixonado lançado este ano. Em I Love You, Honeybear ele elenca todas as suas desavenças, decepções, crises, desilusões e fragilidades sem parecer exageradamente amargo ou condescendente. Musicalmente, o trabalho é um passo além no folk, com incursões proveitosas por gênero como a eletrônica.

Codinome de Joshua Tillman, ex-baterista do Fleet Foxes, I Love You, Honeybear é um dos melhores discos de amor escritos no rock moderno. Por uma razão simples: ele corta a baboseira costumeira onde o músico clama por simpatia frente às suas agruras. Tillman tratou do tema por uma via particular, mas sem soar cínico.

Grande parte do disco traz baladas que expurgam o relacionamento com sua namorada, Emma. Mas o disco também traz a ótima e sarcástica “Bored In The USA”. Ele já descreveu a música como uma sátira aos privilégios do homem branco, que pede compaixão enquanto se arrasta ao lado maculado e deprê da América.

É um disco de amor estranho, com humor e ironia. Mas é também um trabalho consistente que busca explorar diversas possibilidades do rock, seja ao piano ou ao violão, especialidade de Tillman tanto solo como na sua antiga banda, o Fleet Foxes. [Fernando de Albuquerque]

fatherFATHER JOHN MISTY
I Love You, Honeybear
[Sub Pop, 2015]

8,5

https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=hIFrG_6fySg

Leia Mais
Clube do Samba do Recife sobe o morro com shows de Karynna Spinelli, Benzadeusa e Manu Travassos