Foto: Divulgação.
Foto: Divulgação.

Tom Rezende aposta as fichas no R&B em disco de estreia

Tom Rezende é um dos novos nomes do pop brasileiro e chega para ocupar um posto pouco concorrido no cenário atual, o R&B/soul. Com declaradas influências da soul music setentista que teve ecos no Brasil com Tim Maia, ele tem o frescor necessário para investir em uma proposta original em sua proposta. Tom, seu trabalho de estreia, no entanto, freia as suas possibilidades artísticas.

Leia Mais
Joyce celebra herança musical em novo disco

A produção sofisticada de Kassin permitiu a Rezende experimentar diversos ritmos e referências que margeiam o soul brasileiro desde sempre, como o samba-rock, cancioneiro nordestino e o pop romântico. De Jorge Maia e Tim Maia a Roberto Carlos, tudo no disco remete a uma paternidade muito evidente.

Se por um lado, o cantor mostra eficiência técnica e arranjos impecáveis que o fazem merecedor de estar no primeiro time de artistas pop de sua geração, por outro frustra quem espera mais vigor e coragem no sangue novo da MPB. Vale a pena escutar “Sá Menina”, já presente no EP do ano passado e “Ela é Punk”. [FA]

tomTOM REZENDE
Tom
[Tratore, 2015]

6,5

Leia Mais
ZZ Top de volta com mais uma faixa do novo disco ao vivo