O curta dos EUA, Drifters (Divulgação)

O curta dos EUA, (Divulgação)

O – Festival Internacional de Animação do Recife encerrou suas atividades no domingo (29). O curta norte-americano Drifters, de foi o grande vencedor. Este ano o publico total foi de 6 mil pessoas.

Neste ano, o júri era formado pelo cineasta britânico Phil Mulloy, o curador romeno Mihai Mitrica, e o cineasta brasileiro Rodrigo John. O prêmio Melhor Curta Metragem – Escolha do Público foi selecionado pelo público que assistiu à Mostra Competitiva e à Mostra Competitiva Infantil. Neste ano, houve também o novo Prêmio da Federação Pernambucana de Cineclubes, selecionado por um painel de três jurados, formados por Pietro Félix, Amanda Ramos e João Tavares.

Os premiados recebem troféus e as quatro primeiras categorias são contemplados com prêmios em dinheiro: Melhor Curta Metragem (R$ 4 mil), Melhor Curta-Metragem Infantil (R$ 3 mil), Melhor Curta-Metragem Brasileiro (R$ 3 mil) e Melhor Curta-Metragem – Prêmio do Público (R$ 3 mil).

Veja a lista de vencedores.

MELHOR CURTA-METRAGEM
Drifters – Ethan Clarke (Estados Unidos, 2012, 8’)

MELHOR CURTA-METRAGEM INFANTIL
Moya Mama Samolet – Julia Aronova (Rússia, 2012, 6’47”)

MELHOR CURTA-METRAGEM BRASILEIRO
Faroeste, Um Autêntico Western – Wesley Rodrigues (Brasil, 2013, 18’25”)

MELHOR CURTA-METRAGEM – PRÊMIO DO PÚBLICO
Nyuszy És Õz – Peter Vácz (Hungria, 2013, 16’15’’)

MELHOR DIREÇÃO
Plug and Play – Michael Frei (Suíça, 2013, 6’)

MELHOR ROTEIRO
Sangre de Unicornio – Alberto Vazquez (Espanha, 2013, 9’)

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE
Autour du Lac – Carlos Roosens (Bélgica, 2013, 5’5’’)

MELHOR TÉCNICA
Astigmatismo – Nicolai Troshinsky (Espanha, 2013, 4’)

MELHOR SOM
Fight – Steven Subtonick (Estados Unidos, 2012, 4’)

PRÊMIO DA FEDERAÇÃO PERNAMBUCANA DE CINECLUBES
Pandy – Matus Vizar (Eslováquia, 2013, 12’)

MENÇÃO HONROSA
Liebling – Izabela Plucinska (Alemanha, 2013, 7’)
Choir Tour – Edmund Jansons (Letônia, 2012, 5’)

Sem mais artigos