Curta foi gravado em Alagoas e Pernambuco. (Divulgação).

Curta foi gravado em Alagoas e Pernambuco. (Divulgação).

O filme pernambucano venceu o prêmio de melhor curta-metragem na mostra Quinzena dos Realizadores, no Festival de Cannes na França. O anúncio foi feito nesta sexta (23). Dirigido por Nara Normande e Tião, o trabalho foi o único representante brasileiro no festival este ano.

Sem Coração venceu o prêmio de melhor curta, que é chamado de “Prix illy du court métrage”. A mostra paralela Quinzena dos Realizadores é voltada para trabalhos de autores estreantes e revelações de diversas partes do mundo.

Este ano o curta competiu com outros 10 filmes de oito países diferentes. Gravado em São Miguel dos Milagres, em Alagoas e em Pontas de Pedra, em Goiana, no Litoral Norte de Pernambuco, o filme mostra um adolescente de classe média urbana que vai passar férias na casa de seu primo, em uma comunidade de pescadores. Lá se apaixona por uma menina que usa um marca-passo (chamada de “Sem Coração”).

Na exibição do filme em Cannes, o diretor protestou para uma sala lotada contra a demolição de galpões do Cais José Estelita, no Centro do Recife. Este é o segundo filme que o diretor exibe em Cannes. Em 2006, ele conquistou o prêmio Um Novo Olhar com o curta Muro. [Via CineMarcado e JC Online]

Sem mais artigos