CRÉU É SENSUAL ATÉ DEMAIS

Créééééééu, Crééééééu, Créééééú Cr-cr-cr-cr-créééu
Por Hiran Hervé

É interessante perceber como alguns estados consomem seus produtos locais e como algumas vezes tais produtos tomam proporções nacionais. Aqui em Pernambuco, por exemplo, o público realmente consome frevo e maracatu, no Maranhão, o carimbó e inegavelmente no Rio de Janeiro, se consome o funk. Depois do boom do ritmo há três anos, um MC carioca desponta com um sucesso que tem se comentado bastante nas últimas semanas, o Créu.

Devido ao sucesso da música, o produtor e cantor Sérgio Costa, passou a ser conhecido como MC Créu. A música de letra inusitada foi absorvida tão bem que atualmente é possível ver mais de 500 vídeos no You Tube com apresentações do funkeiro e fãs fazendo a coreografia. Sua presença online, que se traduz num marketing viral é forte, o que comprova as dezenas de comunidades no Orkut e de 5 perfis online do MC.

Sérgio Costa tem 25 anos e um filho de 7. Segundo ele, o funk surgiu por uma brincadeira, quando o filho ainda mais novo se divertia em apenas ouvir o pai dizer a palavra “créu” várias vezes. Sérgio gravou a música, mostrou a alguns amigos MCs e teve apoio de seu empresário. Depois disso nada segurou o Créu a estourar.

Créu é de fato um funk carioca. As mesmas batidas características, a voz forçada e a falta de conteúdo na letra. Para quem tem muita disposição e gosta de funk, não tem como não se jogar. A música propõe dançar a coreografia em cinco velocidades, testando as habilidades de cada um a literalmente requebrar o quadril.

Considerando a desvalorização indireta da mulher na música, Créu consegue ser bastante sensual e às vezes “abusiva” em sua coreografia (vide: youtube.com). Há quem defenda que funk precisa ser sensual, sexual. Não necessariamente. O funk carioca tem músicas sem tal conotação e que até atingiram sucesso nacional, como “Se Ela Dança Eu Danço” de MC Leozinho. Isso prova que o funk carioca é sensual por si só. Por sua levada, pelo público, pelas coreografias. As cinco velocidades deram certo, mas três já seriam suficientes.

  1. rs… verdadee …os Funk de antigamente…falavam de amor tipos essas coisas…poh.. a cada dia que passa.. muda muito… bom.. como as coisas tão assim.. os funk vão mudando.. nois temos que seguir o ritmo ki táh.. rsrs.. mas só quem gosta de funk mesmoo vai seguir.. ou melhor.. pra quem ama dançar funk.. igual a euÔ…huashuas… adoro…adoro… aêê…
    Bjaum pra todos… Abraçaum aê Mc Tiana… Flw…

    Contato:>thatianeleandro@hotmail.com

  2. Oi galeraaaaa,
    Bem temos que respeitar o gosto de cada ser humano…sei que sou suspeita de comentar…mas sigo a seguinte opinião…
    eu amo funk antigo,pra mim,o funk antigo é tudo,se vcs passarem pelo meu orkut,verão através dos álbuns…
    poxa,akele funk melody,onde se falava de amor,sociedade,enfim,assuntos gerais…acabavam transmitindo uma mensagem,um aprendizado em forma de música,em forma de funk,o ritmo que realmente faz o bonde mexer…
    só que os tempos se passaram,e hj em dia mudou…e como as pessoas estão aceitando esse ritmo de duplo sentido,temos q ir no embalo para sobreviver…
    amo funk antigo,ñ acho legal pornografia,ñ critico quem canta,nem quem dança,pois eu tbm danço…kk…mas,tipo,fazem uma comparação com as marchinhas de carnaval…pq o funk é discriminado sempre????
    eu conheço o Créu,amo o trabalho dele,e é o que anima a noite…mas o funk antigo tá no meu coração tbm…
    bjsss milll

  3. Aff…aee esse site não é para os crentes…se vc não gosta…blz..não critica…pq ninguém aki ta chingando seu Deus..e nem criticando do seu gosto…vc veio até essa pagina…( ou site ) é pq vc gosta!!!

    Se não gosta…Por Favor sai fora cara…isso não é pra vc blz!!
    Você vê se vc quiser…vc gosta se vc quiser…ninguém te obriga a ver esses sites…essas musicas…esses videos…Aeee Goste se quiser firmeza irmão..!?

    Flw…AbraçOo

    By: Taty *

  4. Eu ñ vejo a maior graça nessa música,ta certo q eu gosto de funk mas ñ desse tipo.Olha eu vo confeça a vcs q adoram esta música,ñ vale apena escutar esse tipo de música.Eu te do uma dica vc gosta de funk?sim!MAS Ñ DESSE TIPO!!!
    Beijoksssss

  5. Eu ñ vejo a maior graça nessa música,ta certo q eu gosto de funk mas ñ desse tipo.Olha eu vo confeça a vcs q adoram esta música,ñ vale apene escutar esse tipo de música.Eu te do uma dica vc gosta de funk?sim!MAS Ñ DESSE TIPO!!!
    Beijoksssss

  6. Nunca vi nada mais vulgar que esses novos funks ,principalmente dança do créu!A mulher está cada vez mais se desvalorizando numa super exposiçao do corpo numa dança incivelmente vulgar,ou melhor,pornográfica.E o pior de tudo é saber que muitas mães levam seus filhos e suas filhas para assistirem a esses shows que deveria ser impróprios para menores.Não vejo muita diferença entre “prostitutas” e “dançarinas” do Créu…alguém vê????!!!!

  7. se algum dia ninguem notar o seus esforços
    nao desanime
    faça como a lua que dá um espetacolo com toda a plateia dormindo e nem por isso ela deixa de brilahar
    para vc brilhar ou se apareser vc nao presisa dançar a musica do creu
    vc sabe de quem q é essa musica

    ouuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu acorda para a vida jesus te ama

  8. ou gosto nao se descute
    mas vc fica sabendo q la no ceu tem um olho como chama de fogo .q esta te olhando sera q essa musica é de Deus ?
    sera q ele esta gostando?
    pense nisso antes q nao seja tarde
    ou vc quer q ele vem buscar o seu povo e por caso dessa musica do creu vc fica ouuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
    jesus te ama

  9. Pior é o cara q fez a matéria:”Aqui em Pernambuco, por exemplo, o público realmente consome frevo e maracatu”….Desde quando o público consome isso? O povo de Pernambuco não dá valor a suas músicas. Não existe mercado pra esse tipo de música, pois o povo gosta de axé, pagode e merdas de sucesso(como o créu), ou então preferem consumir merdas indies q é o caso do “crítico”. Vamos estudar antes de sair escrevendo porcarias por aí

  10. Este cantor que inventou esta música Créu o significado da música é Capeta. Ele é um Demônio e quem Dança Também. Ela é Feia pra DESGRAÇA e Não tem BUNDA, tem uma TV de 29 Polegadas no LUGAR. VAGABUNDOS.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia Mais
HQs do Orgulho: cineasta e editor Alexandre Figueirôa indica Bendita Cura, de Mário César