Microlivraria fica em São Paulo: pela volta do charme das bancas. (Divulgação).
Microlivraria fica em São Paulo: pela volta do charme das bancas. (Divulgação).
Microlivraria fica em São Paulo: pela volta do charme das bancas. (Divulgação).

A editora Lote 42 inaugura banca de cultura independente no centro de São Paulo, a Tatuí.

Obras de editoras independentes poderão ser adquiridas no local, que fica na rua Barão de Tatuí em frente ao número 275, no bairro Vila Buarque. A força das editoras independentes no Brasil nos últimos anos possibilitou a publicação de nomes mais experimentais, novidades e autores que antes não tinham espaço no mercado.

Leia Mais
Troche realiza turnê para lançar Desenhos Invisíveis
Uma entrevista com Gustavo Piqueira

Antes da aquisição, o ponto trabalhava como uma banca de revistas normal. A intenção é transformar o local afim de torná-lo uma referência. “As bancas perderam o charme, pois parecem estar mais preocupadas em vender recarga de celular e cigarros do que em difundir cultura”, afirma João Varella, fundador da Lote 42.

Num primeiro momento, serão oferecidos apenas os livros da própria editora. O objetivo é testar os processos para depois oferecer a Tatuí como um ponto de venda de outros selos independentes do Brasil. Nessa fase de testes, a Tatuí funcionará de segunda à sexta, das 7h30 às 17h. O horário será ampliado gradativamente.

Também estão entre os planos da Tatuí oferecer wi-fi gratuito, livros usados, sediar eventos culturais e construir um parklet — extensão temporária da calçada no lugar de uma vaga de automóvel.

Leia Mais
Editora CEPE lança a obra Passageiros da Tempestade discutindo o fascismo e negacionismo no presente