Vertin Moura apresenta Passaro Só. Foto: Camila Rios - Alexandre Melo. (Divulgação).

A programação desta quarta-feira (25) da 29ª edição do Janeiro de Grandes Espetáculos leva estreia musical, show gratuito, festival de circo e peças aos teatros do Recife e de Petrolina. Os ingressos estão disponíveis para compra através da plataforma Guichê Web. Confira a programação:

ESTREIA: Okalonam – A Visão

Okalonam (Recife – PE)
Horário e Local: 20h, Teatro de Santa Isabel, Praça da República, 233 – Santo Antônio, Recife – PE
ClassificaçãoLivre
Duração50 min
Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia). Àvenda na Guiche Web e na bilheteria do teatro 1h30 antes do espetáculo.

Formado por Rafa Almeida, Nego Henrique e Emerson Calado, o grupo faz um passeio musical pelo álbum A Visão, que mistura metais, percussão, cordas e vocais, evoluindo por narrativas de celebração da cultura, religiões ancestrais e seus ritmos. Um trabalho que teve participações especiais de músicos como Lirinha, Isadora Melo, Gabi da Pele Preta e Vitor Araújo. A Visão está disponível no Spotify, Apple Music e Deezer.


Pássaro Só – Vertin Moura
Vertin Moura (Arcoverde – PE)
Horário e Local: 20h, Teatro Apolo, Rua do Apolo, 121 – Bairro do Recife, Recife – PE
Classificação: Livre
Duração: 1h30
Ingressos: 1 Kg de alimento não perecível. A troca por ingresso deverá ser feita 1h30 antes do show, na bilheteria do teatro.

Após passar pelas cidades de Garanhuns, Arcoverde, Afogados da Ingazeira, Serra Talhada e Caruaru, o multiartista arcoverdense Vertin Moura encerra, no JGE 2023, a turnê estadual do seu segundo disco, Pássaro só. No palco, Lucas Crasto (baixo), Kell Calixto (bateria e percussão) e participação especial de Joaquim Izidro. O show contará com recurso de intérprete de Libras e Audiodescrição.

Circo

Mary En Virtual Mood | Abertura Festival PalhaçAria Pocket
Enne Marx (Recife – PE)
Horário e Local: 20h, Teatro Hermilo Borba Filho, Cais do Apolo, 142 – Bairro do Recife, Recife – PE
Classificação: 16 anos
Duração 1h10
Ingressos: Meia-entrada para todos: R$ 30. À venda na Guiche Web e na bilheteria do teatro 1h30 antes do espetáculo.

Pandemia, Mundo Virtual, Solidão. Nesse espetáculo, Enne Marx envolve a sua pesquisa de doutorado e apresenta dois atravessamentos: “Mary En Virtual Mood” e “Mary En Metamorphosis”, frutos do hibridismo da palhaçaria com o Teatro online e com a Fotografia.


Teatro Adulto

E, antes de tudo, seria o fim
Companhia de Eventos Lionarte (Limoeiro – PE)
Horário e Local: 19h30, Teatro do Parque, Rua do Hospício, 81 – Boa Vista, Recife – PE
Classificação: 14 anos
Duração: 1h20 min
Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia). À venda na Guiche Web e na bilheteria do teatro 1h30 antes do espetáculo.

Uma matriarca, presa em suas tradições, mantém suas sete filhas agrilhoadas às suas normas de sobrevivência e devendo-lhe obediência. A trama reúne sentimentos variados, que se completam e compõem a narrativa de um drama burguês e épico, diante da relação familiar feminina, principalmente interiorana.

Solo para um Sertão Blues
Claudio Lira (Olinda – PE)
Horário e Local: 19h30, Teatro Marco Camarotti, Treze de Maio, 455 – Santo Amaro, Recife – PE
Classificação: 12 anos
Duração: 55 min
Ingressos: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia). À venda na Guiche Web e na bilheteria do teatro 1h30 antes do espetáculo.

Musical criado a partir do livro “Solo para Vialejo”, vencedor do prêmio Jabuti de Literatura em 2020 da escritora Cida Pedrosa. O espetáculo transita entre o lírico e o épico e traz na sua narrativa um texto que ecoa por meio de múltiplas vozes de mulheres catadoras de algodão da região do sertão de Pernambuco.


Sozinha
Elsa Pinho (Portugal)
Horário e local: PETROLINA – 20h, Teatro Dona Amélia (Sesc Petrolina), Rua Dr, R. Pacífico da Luz, nº 618 – Centro, Petrolina – PE
Classificação: 12 anos
Duração: 45min
Ingressos: R$ 30 (inteira) R$ 15 (meia). À venda na Guiche Web e na bilheteria do teatro.

Sozinha traz reflexões acerca da liberdade, solidão, submissão e sonhos. Do amor nas suas variantes. Encenado pela atriz portuguesa Elsa Pinho, que estreou nos palcos aos 10 anos de idade. Atualmente, tem desenvolvido o projeto de contar histórias “Beatriz e o Peixe Palhaço”, dirigido e escrito por Moncho Rodriguez.

Leia Mais
Gal Costa: Artistas e políticos prestam homenagens à cantora