A cultura negra pelos olhares de cineastas que conhecem bem essa realidade. Esse é o tema da quarto episódio do “Eu curto, tu curtes, ele, o curta”, um podcast da Revista O Grito! para quem gosta e quer conhecer a produção dos filmes em curta-metragem no Brasil e no mundo. A apresentação é Alexandre Figueirôa e de Túlio Vasconcelos, com edição de Jonatan Oliveira. Assine nosso feed e ouça o podcast no Spotify.

Neste episódio, analisamos os filmes de e de  . Curadora de festivais e mostras, principalmente os com presença de mulheres e negrxs, também participa do podcast.

Diretora e produtora audiovisual em cinema e TV, Tila é olindense, filha de refugiados angolanos e investiga, em uma série de documentários, a memória e a relação entre as identidades dos povos brasileiro e angolano. Realizado em 2016, foi eleito melhor curta do African Diaspora Film Festival, na Itália, dentre outros.

Eu Curto, Tu Curtes, Ele, O Curta #3: Chico Lacerda e Carla Francine

Nos últimos anos, houve um um aumento gigantesco tanto na representatividade quanto na representação LGBTQIA+ no cinema brasileiro, tema do terceiro episódio do “Eu curto, tu curtes, ele o curta”, podcast da Revista O Grito! O cineasta pernambucano Chico Lacerda, do coletivo Surto & Deslumbramento  com o premiado documentário Virgindade, e a diretora geral do Festival de Cinema da Diversidade Sexual e de Gênero, Recifest, Carla Francine, são os convidados deste episódio. Dirigido pela canadense Marianne Farley, o drama canadense […]

Read more

Comprometido com a causa fundamental das mulheres negras constantemente humilhadas pela construção estética, e com finalidade política dos cabelos, desmonta poeticamente essa humilhação, a carioca Thayná apresenta uma experiência audiovisual realizada de forma colaborativa por mulheres negras sobre mulheres negras.

Dicas

Em um formato híbrido, Festival Cinema Negro em Ação ocorre em novembro, integrando as programações do Cinquentenário 20 de novembro, com programação na grade da TVE-RS, na Cinemateca Paulo Amorim e na plataforma Cultura em Casa, da Secretaria da Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. Acompanhe a programação no site do evento.

Já o espaço para o cinema de autoria negra no Itaú Cultural Play é destacado na nova plataforma e tem uma seção especial: O Cinema Negro Brasileiro, composta por 12 produções. Assista aqui tudo gratuitamente.

Ouça o podcast:

Leia Mais
Ota, quadrinista e editor da MAD, morre aos 67 anos no Rio de Janeiro