expo_caixa

A xilogravura brasileira entrou definitivamente para a cultura pop nacional. Um dos principais nomes da técnica, Oswaldo Goeldi ganha uma exposição individual na Caixa Cultural Recife a partir do dia 12 de julho. Luz Noturna vai até o dia 11 de agosto e é de graça.

O nome da exposição faz referência ao processo de iluminação usada nas obras de Goeldi. Serão reunidas 40 obras em xilogravura, livros ilustrados, uma cronologia ilustrada do artista, assim como estudos, registros, jornais de época, manuscritos, cartas, documentos, fotos, objetos pessoais e ainda um video-wall em looping (vídeo na parede) que fala sobre a vida e obra de Goeldi, com depoimentos de Adir Botelho, Anna Letycia, Darel Valença Lins e Rubem Grillo.

A xilogravura de Goeldi é conhecida pelo tom dramático, além de trazer um lado mais humanizado e sentimental. Um dos destaques é seu interesse na iluminação noturna. Nascido no Rio de Janeiro em 1895, Goeldi morou grande parte de sua vida na Suíça. Ao voltar ao Brasil trabalhou como ilustrador e fez sua fama na gravura (hoje ainda uma referência no assunto). Morreu em 1961.

A visitação acontece de terça a domingo, das 10h às 19h, na Caixa Cultural Recife, no Recife Antigo.

Leia Mais
Projeto Fotocartografia Litorânea traça mapeamento afetivo de praias pernambucanas