Exposição CorpoCasa evidencia a produção cultural de periferia

O projeto acontecerá nos finais de semana, contando sempre com a entrada gratuita, a partir do dia 3 de setembro

Dançarina Kessely/ Foto: Insiração 6/ divulgação

Com a intenção de evidenciar a população periférica e levar essas pessoas a ocuparem seus lugares de protagonismo, o projeto CorpoCasa leva à cidade de São Paulo uma exposição de arte dançante e plural. Contando também com a distribuição da HQ Quebrada Se Move, do ilustrador Mangraff, o projeto acontece nos finais de semana, com entrada gratuita, a partir do dia 3 de setembro.

Durante os dias de evento, a intenção é incentivar a população a fazer cultura em suas mais diversas formas, além de celebrar a resistência e explorar as reflexões sobre a viabilidade econômica de se produzir arte e cultura no país. Para trazer ainda mais pessoas ao CorpoCasa, o site do evento também fará a cobertura completa.

Através da história dos seis dançarines das mais diversas áreas da zona sul de São Paulo, Francisco Renner, Lainx Dias, Maitê Costa, May Silva, Gissauro e Kessely, o projeto retratará a diversidade na arte do estado.

De acordo com o idealizador do CorpoCasa, Laio Rocha, “o projeto foi concebido a partir de um conceito chamado narrativas transmídias, por onde uma história pode ser contada em vários formatos e locais diferentes. Com isso, desenvolvemos um universo em que, para ser conhecido por inteiro, é preciso passar por várias etapas de conexão. E, independente da ordem em que se acessa, a experiência e o fluxo são sempre únicos”.

Francisco Renner/ Foto: Inspiração 6/ divulgação

Confira a programação completa:

03/09 – Centro Cultural Grajaú
R. Prof. Oscar Barreto Filho, 252 – Parque América, São Paulo – SP, 04822-230

04/09 – Casa Ecoativa
Est. de Itaquaquecetuba, 141 – Jardim Santa Tereza, São Paulo – SP, 04872-060

10/09 – Espaço Cultural CITA
R. Aroldo de Azevedo, 20 – Jardim Bom Refugio, São Paulo – SP, 05788-230

11/09 – Casa de Cultura HipHop ZS
Rua Sant’Ana, 201 – Vila Sao Pedro, São Paulo – SP, 04676-110

17/09- Centro de Culturas Negras Mãe Sylvia de Oxalá
R. Arsênio Tavolieri, 45 – Jabaquara, São Paulo – SP, 04321-030

18/09- Casa de Cultura M Boi Mirim
Av. Inácio Dias da Silva, s/nº – Piraporinha, São Paulo – SP, 04913-180

Leia Mais
Nicki Minaj e Bleu unem R&B e rap em “Love in the Way”