A série Faça Uma Playlist traz contos inspirados em clássicos musicais de diferentes gêneros, épocas e estilos. Os textos são assinados por , roteirista e escritor paraense, radicado no Rio de Janeiro, autor do livro Sujando os Sapatos – O Caminho Diário da Reportagem, entre outros. As artes são de Igor Alves, ilustrador e DJ paraense, atualmente residente em Portugal.

Uma vida inteira cabia em algumas poucas bolsas e mochilas. Eu acho que havia lido isso em algum lugar. Pensei na frase enquanto amontoava o que sobrava de uma vida em comum. Despojos de uma guerra fria. ‘Up’, do REM, tocava. Era o primeiro disco da banda depois que o baterista Bill Berry saíra, estafado com as turnês e com um aneurisma na cabeça. No início de sua trajetória, a banda prometera encerrar seu ciclo se um dos integrantes saísse do grupo. O elo forjado cedo não fora mantido. A vida precisava seguir seu rumo, seu fluxo. Novos caminhos e desafios estavam ali à frente. “Eu vou ao supermercado. Dá tempo de você arrumar tudo, antes de eu voltar”, ela dissera. Eu tentava me apressar. E então, ‘Falls to climb’ começou a tocar. “Quem lançou a pedra final? /Quem deu o golpe final? /Alguém tem que levar a culpa, por que não eu? ”. Respirei fundo, enquanto as últimas coisas eram guardadas. Quando fechei a porta e olhei para o portão, Michael Stipe ainda cantava “Eu, eu sou livre/Livre”.  A rua tinha pouco movimento àquela hora. 

Leia mais da série:

Leia Mais
Ave Sangria lança o primeiro clipe da carreira gravado no casarão do Teatro Magiluth