Felipe Neiva reflete sobre temas pandêmicos no projeto audiovisual “Karaokê Neiva”

A experiência audiovisual criada pelo artista visual Vitor Milagres (do coletivo ROSABEGE)

Foto: Rodrigo de Freitas.

O cantor, compositor e produtor musical Felipe Neiva segue divulgando seu disco, tanto (2020), um trabalho bastante reflexivo e melancólico que foi bastante elogiado ano passado. Ele agora lança uma experiência audiovisual imersiva criada pelo artista visual Vitor Milagres (do coletivo ROSABEGE) na série “Karaokê Neiva”, que tem seu primeiro episódio com “Amor- Vício”.

Com Neiva e sua banda tocando separadamente em chroma key e incluídos em universos próprios, o projeto busca construir uma nova concepção de visualidade para o trabalho de Felipe Neiva ao mesmo tempo que cria uma metáfora sobre a solidão em tempos pandêmicos. A “torrente de emoções possíveis”, como descreve o músico, é um dos temas de “Amor-Vício”, primeira faixa do “Karaokê Neiva”.

“Essa música é sobre relações amorosas mais superficiais e efêmeras. Ela poderia se chamar ‘Amor-Brisa’ (risos), afinal por mais viciante que seja, termina tão rápido quanto começou. É mais pela diversão de ter alguém te botando pra cima”, conta Neiva.

Veja o primeiro episódio:

Leia Mais
c