Cena de Escuta, Formosa Márcia, HQ vencedora do Grampo deste ano. (Divulgação).

O quadrinista brasileiro Marcello Quintanilha venceu o prêmio de melhor álbum em quadrinhos do ano no Festival de Angoulême, na França, com a HQ Escuta, Formosa Márcia. A entrega do troféu aconteceu neste sábado no encerramento do evento, que é um dos mais importantes do mundo.

Esta é a primeira vez que uma obra brasileira leva o principal prêmio do festival.

Presidida pela ilustradora e musicista Fanny Michaëlis, o júri deste ano entregou o Fauve D’Or, nome do tradicional troféu, para Quintanilha, que já tem uma passagem vitoriosa pelo festival, quando ganhou, em 2016, o prêmio de melhor álbum de suspense por Tungstênio.

Escuta, Formosa Márcia acompanha a história de uma mãe moradora de uma favela do Rio de Janeiro, que enfrenta o tráfico carioca para impedir que sua filha adentre o mundo do crime. Tudo isso ao mesmo tempo em que precisa lidar com sua própria vida amorosa e problemas no trabalho. A HQ foi escolhida como o melhor quadrinho do ano em nossa lista de Melhores HQs de 2021.

Outros prêmios

O prêmio de Troféu Especial do Júri foi para Des vivants, de Raphaël Meltz, Louise Moaty e Simon Roussin. O prêmio especial de inovação foi para Un visage familier, de Michael DeForge. Prêmio de revelação ficou com La Vie souterraine, de Camille Lavaud Benito.

Stuck Rubber Baby, de Howard Cruse, publicada no Brasil pela Conrad, levou o prêmio de patrimônio, para obras clássicas. O Grande Prêmio, que reconhece artistas pelo conjunto de sua obra, foi vencido por Julie Doucet.

Leia Mais
Marisa Monte traz sua turnê “Portas” ao Recife; ouça o setlist do show