Professora e escritora Helen Silva é uma das convidadas. (Divulgação).

Após dois anos sem realização, a 3ª edição do Festival Mulheres Negras na Literatura Pernambucana acontecerá neste sábado (5), abrindo as programações do Mês da Consciência Negra. Direcionado a contadoras de histórias, autoras, bibliotecárias e professoras negras que atuam dentro de localidades periféricas,  e com o tema “Tecendo Saberes Ancestrais”, o evento vai promover atividades como rodas de diálogo, lançamento de livro e apresentações culturais. O Festival será sediado no SESC Santa Rita, no Cais de Santa Rita, bairro de Santo Antônio, no Recife, no horário das 14h às 17h. A entrada do público é gratuita. 

As participantes e convidadas do festival vão estabelecer um encontro para debater e refletir sobre suas experiências e o cenário literário afro em Pernambuco. O objetivo é, por meio da conversação, haja um canal para trocas de saberes e construção de uma atuação em conjunto em prol do acesso ao livro e a leitura dentro das comunidades de atuação. 

Participam como convidadas, a professora Adeilma dos Santos, que desenvolve um trabalho com leitura e letramento na localidade do Alto do Guilhermino, localizado na Zona Norte do Recife; e a professora e mestranda em Educação Contemporânea pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), a Yalaxé do Terreiro de Mãe Amara, Helaynne Sampaio, que apresentará o livro Dança Nagô: herança ancestral e resistência matriarcal do Balé Nagô Ajô, corpo que dança Afoxé Oyá Alaxé.

A especialista em Letras e pós-graduada em educação pela UFPE,  Josecleide Guilhermino, que vai apresentar o projeto de livraria itinerante “Cantinho Literário: Entre Livros e Afetos”; e a biblioteconomia e pedagoga, formada pela UFPE, Marta Diniz, desenvolvedora de diversas ações formativas com foco no livro e na leitura, também participam.

Ainda no rol das convidadas, estão a candomblecista e juremeira, professora da educação básica e mestranda em educação no programa de pos-graduação em educação, e integrante do Laboratório de Educação das Relações Étnico-Raciais da UFPE, Tamires Carneiro; e a graduanda em psicologia e Núcleo de Políticas de Educação das Relações Étnico-Raciais da UFPE, Helen Silva.

A mediação será feita pela pedagoga, contadora de histórias e produtora cultural e idealizadora do Festival, Roma Julia. O público vai conferir também as apresentações culturais do grupo teatral Pedra Polida, e poderá visitar a 1ª Feira do Afroempreendedorismo – Ojá Afro Sesc, que vai ser realizada das 15h às 19h.

Serviço

3º Festival Mulheres Negras na Literatura Pernambucana abre programação do Mês da Consciência Negra

Data: sábado, 05 de novembro 

Local:  SESC Santa Rita, no Cais de Santa Rita, bairro de Santo Antônio, no Recife.

Post de divulgação.
Leia Mais
Lula é eleito presidente do Brasil