Cena de Libertador. (Divulgação).
Cena de Libertador. (Divulgação).
Cena de Libertador. (Divulgação).

O Festival de Cinema Venezuelano realiza sua sétima edição no Recife com filmes que fizeram boa carreira em festivais internacionais. Parte da integração latino-americana, o festival é realizado pelo Consulado Geral da Venezuela no Recife e tem entrada gratuita. Será no Cine São Luiz, nos dias 13 a 15 de dezembro.

Serão três filmes, exibidos um por dia. No dia 13 de dezembro, às 20h, o festival traz La Distancia Más Larga, de Claudia Pinto, longa sobre a história de Lucas, 12 anos e Martina, 60 anos. O primeiro luta para viver como quer e a segunda luta para morrer como escolheu. É um trabalho que retrata uma cidade violenta e caótica onde dois destinos bem diferentes se cruzam. No dia 14 de dezembro, às 19h, será exibido Libertador, espécie de blockbuster latino do diretor Alberto Arvelo sobre o carismático líder Símon Bolívar e sua luta contra o imperialismo espanhol. O evento se encerra no dia 15/12, às 19h, com Patas Arriba, de Alejandro García Wiedeman, filme sobre a viagem de um homem em estado terminal e seu neto em direção ao Brasil.

Veja os trailers dos filmes:

imagen-central-vii-festival-de-cinema-venezuelano-en-recife

Leia Mais
Marte Um leva prêmios nos festivais de cinema de Atlanta e Nashville nos EUA