A HQ Viajante Jão (Divulgação)
Detalhe da revista Viajante Jão: estético do sonho (Divulgação)
Detalhe da revista Viajante Jão: estético do sonho (Divulgação)

Da Revista O Grito!, em Belo Horizonte

O novo selo mineiro de quadrinhos Passaporte aproveitou o Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ), que acontece em Belo Horizonte esta semana, para fazer sua estreia. A ideia dos autores é criar um espaço de experimentação gráfica dentro das HQs, passando desde o traço até as impressões das revistas.

Leia Mais
FIQ, maior festival de HQ do Brasil, recebe mais de 80 convidados

O selo é formado por Jão, que tem trabalhos publicados por editoras em antologias como MSP Novos 50, Imaginários em Quadrinhos e Pequenos Heróis; e Bruno Pirata, que construiu um trabalho voltado para estudos de onomatopeias em quadrinhos, que deram origem às narrativas Panis et Circenses e Gustavo.

Pelo Passaporte, Jão lança a revista Hora H, produzida em serigrafia, e a série Viajante Jão, composta por narrativas oníricas inspiradas no cotidiano. Elas são espaço de experimentação de linguagem, e cada volume, apesar de apresentar uma narrativa fechada, interage com os outros. As histórias trazem como coadjuvantes um cachorro intelectual, um alienígena fumante e uma doença misteriosa.

Cena da revista Cidade Terra (Divulgação)
Cena da revista Cidade Terra (Divulgação)

Já Bruno Pirata apresenta a antologia Cidade Terra, uma ficção-científica com crítica social que apresenta o destroçamento do meio-ambiente em meio ao ambiente de cidades emaranhadas. Ainda fazem parte da primeira remessa de lançamentos do selo a revista Lagosta!, criada pelo animador carioca Daniel Og. A história mostra ataque de zumbis no carnaval do Rio de Janeiro.

O lançamento do selo Passaporte foi viabilizado por meio de financiamento coletivo do site Catarse. As HQs devem ser lançadas ao grande público logo após o FIQ através de venda online. O selo ainda prepara uma festa de lançamento em Belo Horizonte, no bar CCCP, com show da banda Tempo Plástico, no sábado (16), às 22h. A entrada custa R$ 25. No FIQ, a sessão de autógrafos será dia 15, às 16h.

Capa da HQ de Bruno Pirata (Divulgação)
Capa da HQ de Bruno Pirata (Divulgação)
A HQ Viajante Jão (Divulgação)
A HQ Viajante Jão (Divulgação)
Leia Mais
Plaf #7 terá lançamento na Ugra Press, em São Paulo