A banda Francisco, el Hombre se une a Mestrinho para cantar sobre a saudade no single “Valer La Pena”.

“Eu estava experimentando algumas cumbias mais eletrônicas e sampleei uma sanfona e ficou muito legal. Mas depois pensamos que seria melhor ter alguém realmente tocando o instrumento”, conta Mateo Piracés-Ugarte, que integra o conjunto ao lado de Sebastián Piracés-Ugarte, Juliana Strassacapa e Andrei Martinez Kozyreff.

Assim, surgiu o nome de Mestrinho para a participação. “O Mestrinho consegue falar com o seu acordeão, então é incrível ter a poesia dele ali com a gente. E é interessante pensar que o acordeão é o instrumento do Francisco, el Hombre original, o originador da lenda”, completa. Mateo faz referência ao personagem do livro Cem anos de Solidão, de Gabriel Garcia Márquez, que inspirou o nome da banda.

Este é o terceiro single lançado pela Francisco, el Hombre desde que o período de quarentena teve início. “Valer La Pena” sucede “Juntos Nunca Sós” e “Despedida”. Esta última, inclusive, foi uma maneira de anunciar a saída do baixista Rafael Gomes da banda.

Leia Mais
Camarones Orquestra Guitarrística prepara EP de covers e lança versão de clássico do Dead Kennedys