Foto: José de Holanda. (Divulgação).

A Funmilayo Afrobeat Orquestra, primeira banda de afrobeat brasileira formada somente por pessoas negras, mulheres e não binárias, estreia seu primeiro álbum. As 10 faixas do  trabalho, que prestigia mulheres negras brasileiras na luta pela igualdade, expressam uma sonoridade que perpassa a ciranda às músicas de terreiro, com mantras, faixas rituais e afroritmos.

O nome da banda, assim como o do disco, foi escolhido para homenagear Funmilayo Anikulapo Kuti, professora, política militante, uma das ativistas mais importantes, tendo liderado a luta das mulheres por liberdade, pelo direito ao voto e por justiça social. O grupo é formado por Rosa Couto, Stela Nesrine, Jasper Okan, Sthe Araujo, Afroju Rodrigues, Ana Goes, Tamires Silveira, Vanessa Soares, Larissa Oliveira, Bruna Duarte e Priscila Hilario.

O disco, contemplado pelo Rumo Itaú Cultural, foi gravado gratuitamente no Estúdio Experimental da Faculdade de Tecnologia de Tatuí-SP, acompanhado por uma equipe majoritariamente feminina, composta por estudantes do curso de Produção Fonográfica da universidade, além de ter contado com a direção musical de Allan Abbadia.

Para marcar a estreia, a banda promove um show que acontece no próximo dia 18 de dezembro, às 20h, na Sala Olido, com entrada gratuita a partir da retirada de ingresso uma hora antes da apresentação.

Serviço:

Funmilayo Afrobeat Orquestra na Sala Olido 

[ Apresentação especial de lançamento do disco Funmilayo ]

Domingo, 18 de dezembro, às 20h

Entrada GRATUITA | retirada de ingressos uma hora antes do show

Endereço: Av. São João, 473 – Centro Histórico de São Paulo, São Paulo – SP.

Leia Mais
Belle and Sebastian retorna com novo disco, Late Developers