Comecei a refletir sobre a semelhança das duas bandas ícones dos anos 90 e encontrei detalhes interessantes

Não é a primeira vez que alguém compara essas duas bandas. Já se tornou até ser uma piada do imaginário popular. Um dia desses eu me peguei pensando no assunto e até fiz um tweet a respeito. Óbvio que em tom de brincadeira. Mas comecei a perceber que a relação -Oasis vai muito além do que se vê.

E se eu te perguntasse qual das duas bandas tem um vocalista com cabelinho chapeleta, influenciado por Beatles, que ama futebol,  que torcia e tocava com a camisa azul de um time tradicional do seu país? Se você disse , estaria certo. Mas se dissesse também.

O Skank é uma banda mineira que nasceu em 1991, em Belo Horizonte. A mesma cidade brasileira que deu ao mundo nomes como Milton Nascimento, Lô Borges e Sepultura. Ao centro da harmonia de um e a energia de outro, o grupo começou movido pelo interesse em transportar o clima do dancehall jamaicano para a tradição pop brasileira. Vamos ao Oasis? Adivinha o ano que a banda surgiu? 1991, na cidade de Manchester, no Reino Unido e que viria conquistar fama mundial, tornando-se o grande nome do britpop e uma das maiores bandas de todos os tempos.

Os Reis do iê-iê-iê

Samuel é muito fã dos Beatles, mas qual músico de qualidade, que se preze, não é? O quarteto mineiro foi o primeiro grupo musical brasileiro a mixar um álbum, Siderado (19908), também produzido por dois ingleses (Paul Ralphes e John Shaw), no lendário estúdio Abbey Road, em Londres. Quem mais além dos Beatles gravou por lá? Oasis.

Falar de fãs de Beatles sem citar os Irmãos Gallagher seria um crime. Liam praticamente se auto proclama a reencarnação do próprio John Lennon. Inclusive lançou recentemente seu segundo disco solo chamado Why me? Why not?, que é o nome de duas artes feitas pelo próprio john, e que pelo menos uma delas, hoje, pertence ao ex-oasis. Eles também sempre deixaram claro que queriam ser como os Beatles, então não dá pra negar o impacto dos meninos de Liverpool na vida e som dos irmãos.

Os Hits

Os grandes hits das bandas nunca foram escritos pelos seus cantores: “Wonderwall”, “Live Forever”, “Don’t Look Back in Anger”, “Supersonic”, todas compostas por Noel. Claro que pela piada da foto seria a hora de encaixar Serginho Groisman por aqui, mas o fato é que o Noel do Samuel – sílabas em “el”- também começa com N. Nando Reis. São inúmeras colaborações de sucesso: “Resposta”, “Esquecimento”, “Sutilmente”, “Dois Rios”. Essa última sendo uma versão brasileira de “Stop Crying Your Heart Out”, também do Oasis. (Clica no vídeo e tenta cantar “Dois Rios” por cima, logo no começo, pra você vê como encaixa).

Skank e Oasis são o tipo de bandas que você só sabe quem são os frontmans. No caso do Oasis são os Irmãos, claro. Mas me diga o nome do guitarrista solo, do baixista, baterista…E no Skank? Quem além do Samuca você conhece? Os demais integrantes mudaram que você nunca reparou.

Do Mineirão ao Etihad Stadium

Por fim, vamos falar de futebol, né? Liam e Noel são fãs doentes do Manchester City, atual campeão inglês. Não podemos falar o mesmo do Cruzeiro do Samuel, que até o momento que esse texto foi redigido, ele vinha amargando na zona de rebaixamento do brasileirão. Independentemente dos momentos distintos dos clubes, o amor de ambas as bandas por futebol, sempre foi bastante evidenciado. Me arrisco a cravar que nunca duas bandas carregaram a paixão pela bola no pé de forma tão marcante na sua identidade visual. Pontos pros dois. Ou melhor, gol. Ficamos no 1 a 1.

Bom, forçadas de barra à parte, a grande ideia é homenagear essas duas bandas maravilhosas, que esse ano, se ainda em atividade, no caso do Oasis, completariam 28 anos de carreira. Que Seja no Japão, Jamaica ou Jalapão, seja no pãozinho de queijo ou no chá das cinco, eu deixo um questionamento: Skank é o Oasis brasileiro ou o Oasis é o Skank britânico?

Ouça mais novidades musicais na nossa página Novos Sons!
Leia mais críticas de novos discos aqui na Revista O Grito!

Sem mais artigos