Gramado 2022: longa acreano Noites Alienígenas é destaque na lista de vencedores

Filme explora as problemáticas da Amazônia Urbana e conquistou quatro prêmios no festival

Noites Alienígenas levou o kikito de melhor filme em Gramado. (Divulgação).

O longa acreano Noites Alienígenas foi o grande vencedor do 50º Festival de Cinema de Gramado. O filme de Sérgio Carvalho conquistou os prêmios de melhor filme, melhor ator, melhor atriz coadjuvante e melhor ator coadjuvante. O roteiro adaptado do livro homônimo do diretor aborda temas como a periferia da Amazônia urbana e as fronteiras entre cidade e floresta.

Os prêmios foram entregues em cerimônia no Palácio do Festivais na noite deste sábado (20). Na categoria de longas estrangeiros, o filme 9, de Martín Barrenechea e Nicolás Branca saiu com o prêmio. O longa aborda o papel do futebol na sociedade e traz temas como a desumanização do jogador e a problematização do conceito de sucesso.

Entre os longas gaúchos, o melhor filme foi o documentário 5 Casas, do diretor Bruno Gularte Barreto que retrata sua história pessoal exibindo cinco histórias interligadas. Por sua vez, Fantasma Neon levou o kikito de melhor curta-metragem brasileiro. A produção de Leonardo Martinelli  reúne atores e não atores, ficção e depoimentos reais para discutir a precarização do trabalho dos entregadores de aplicativos. Ainda, na mostra estreante de documentários, o filme Um Par Pra Chamar de Meu foi o vencedor. Dirigido pela documentarista Kelly Cristina Spinelli, o longa acompanha a vida de sua mãe e de quatro outras mulheres que saem com personal dancers para discutir solidão, sexualidade e privilégio entre as mulheres da terceira idade.

Conheça a lista completa de premiados do 50º Festival de Cinema de Gramado:

LONGA-METRAGEM BRASILEIRO

Melhor Filme – “Noites Alienígenas”, de Sérgio de Carvalho

Melhor Direção – Cristiano Burlan, por “A Mãe” 

Melhor Ator – Gabriel Knoxx, de “Noites Alienígenas” 

Melhor Atriz – Marcélia Cartaxo, de “A Mãe”

Melhor Roteiro – Gabriel Martins, de “Marte Um”

Melhor Fotografia -Rui Poças, de “Tinnitus”

Melhor Montagem – Eduardo Serrano, de “Tinnitus”

Melhor Trilha Musical – Daniel Simitan, de “Marte Um”

Melhor Direção de Arte – Carol Ozzi, de “Tinnitus”

Melhor Atriz Coadjuvante – Joana Gatis, de “Noites Alienígenas”

Melhor Ator Coadjuvante – Chico Diaz, de “Noites Alienígenas”

Melhor Desenho de Som – Ricardo Zollmer, de “A Mãe”

Júri da Crítica – “Noites Alienígenas”, de Sérgio de Carvalho

Júri Popular – “Marte Um”, de Gabriel Martins

Prêmio Especial do Júri – “Marte Um”, de Gabriel Martins, que nos trouxe o afeto para a tela.

LONGA-METRAGEM ESTRANGEIRO

Melhor Filme – “9”, de Martín Barrenechea e Nicolás Branca

Melhor Direção – Néstor Mazzini, de “Cuando Oscurece”

Melhor Ator – Enzo Vogrincinc, de “9”

Melhor Atriz – Anajosé Aldrete, de “El Camino de Sol”

Melhor Roteiro – Agustin Toscano, Moisés Sepúlveda e Nicolás Postiglione, de “Inmersión”

Melhor Fotografia -Sergio Asmstrong, de “Inmersión”

Júri da Crítica – “9”, de Martín Barrenechea e Nicolás Branca 

Júri Popular –  “La Pampa”, de Dorian Fernández Moris

Prêmio Especial do Júri a Direção de Arte  de Jeff Calmet, de “La Pampa”

CURTA-METRAGEM BRASILEIRO

Melhor Filme – “Fantasma Neon”, de Leonardo Martinelli

Melhor Direção – Leonardo Martinelli, por “Fantasma Neon”

Melhor Ator – Dennis Pinheiro, de “Fantasma Neon”

Melhor Atriz – Jéssica Ellen, de “Último Domingo”

Melhor Roteiro – Fernando Domingos, de “O Pato”

Melhor Fotografia – Fernando Macedo, de “Último Domingo”

Melhor Montagem – Danilo Arenas e Luiz Maudonnet, de “O Elemento Tinta”

Melhor Trilha Musical – “Nhanderekoa Ka´aguy Porã” Coral Araí Ovy e Conjunto Musical La Digna Rabia, por “Um Tempo pra Mim”

Melhor Direção de Arte – Joana Claude, de “Último Domingo”

Melhor Desenho de Som – Alexandre Rogoski, de “O Fim da Imagem”

Júri da Crítica – “Fantasma Neon”, de Leonardo Martinelli

Júri Popular –  “O Elemento Tinta”, de Luiz Maudonnet e Iuri Salles. 

Prêmio Especial do Júri – “Serrão”, de Marcelo Lin. Pelo frescor da narrativa a partir de um olhar ressignificado, emergente e com o coração no lugar certo

Prêmio Canal Brasil de Curtas – “Fantasma Neon” Leonardo Martinelli

LONGA-METRAGEM GAÚCHO

Melhor Filme – “5 Casas”, de Bruno Gularte Barreto

Melhor Direção – Bruno Gularte Barreto, por “5 Casas”

Melhor Ator – Hugo Noguera, de “Casa Vazia”

Melhor Atriz – Anaís Grala Wegner, de “Despedida”

Melhor Roteiro – Giovani Borba, de “Casa Vazia”

Melhor Fotografia – Ivo Lopes Araújo, de “Casa Vazia”

Melhor Direção de Arte – Gabriela Burk, de “Despedida”

Melhor Montagem – Vicente Moreno, de “5 Casas”

Melhor Desenho de Som – Marcos Lopes e Tiago Bello, de “Casa Vazia”

Melhor Trilha Musical – Renan Franzen, de “Casa Vazia”

Júri Popular – “5 Casas”, de Bruno Gularte Barreto

LONGA-METRAGEM DOCUMENTAL

Melhor Filme – “Um Par Pra Chamar de Meu”, de Kelly Cristina Spinelli.                 

PRÊMIO MELHOR FILME DA MOSTRA UNIVERSITÁRIA 

Melhor Filme –Ícaro”, de Wesllen Machado, da Universidade de Santa Cruz do Sul (RS). Vencedor do concurso interativo do Conexões Gramado Film Market / Prêmio TECNA Tecnopuc, que recebe R$ 3 mil reais em serviços de imagem e som.

Leia Mais
CurtaLab no Recife traz nomes como Kléber Mendonça, Grace Passô e Enock Carvalho