escrevia sobre seus próprios corres, temores, amores, típicos da adolescência e registrava tudo com uma sensibilidade muito própria dos jovens. Ele levou esses temas ao seu personagem Juca, que ganha agora uma edição em livro, A Ordinária História de Juca e Uma Juventude Qualquer com diversas histórias reunidas pela editora .

Botelho, que morreu em um acidente de asa delta em maio de 2013, criou as HQs desde a a adolescência até os seus 25 anos. A edição póstuma foi viabilizada por sua mãe, Angela Botelho, que decidiu não deixar aquelas histórias morrerem.

Com posfácio de Clylton Galamba e capa do designer Rodrigo Gafa, a obra traz temas típicos dessa fase da vida como aventuras orientadas por hormônios em ebulição, tentativas de se enturmar, encontrar seu lugar, enfrentar a escola, tudo com bastante humor e verdade.

A HQ será lançada na Livraria Cultura do Shopping RioMar na sexta (20), às 18h30 e custará R$ 80.

Sem mais artigos