Gyo, história de horror de monstros de Junji Ito, ganha edição brasileira

Mangá do celebrado mestre do terror japonês sai pelo selo Tsuru da Devir

Foto: Divulgação.

Mais uma obra de Junji Ito chega ao Brasil. Trata-se de Gyo (ギョ,”Peixe”), cujo título completo é Gyo Ugomeku Bukimi (ギョ うごめく不気味, literalmente “Peixe: Estrebuchando de medo). A obra é um mangá de horror voltado para o público adulto, escrito e ilustrado por Junji Ito, que foi publicado pela primeira vez na Big Comic Spirits de 2001 a 2002.

A edição da Devir trará, pelo selo Tsuru, a história completa em um único volume, incluindo também duas histórias bônus, “A Trágica História do Pilar Principal” e “O Mistério da Falha de Amigara”.

Ito declarou em uma entrevista que Gyo definitivamente foi inspirado em Tubarão de Steven Spielberg: “Ele capturou magistralmente a essência do medo na forma de um tubarão devorador de homens. Eu achei que ficaria ainda melhor registrar esse temor num tubarão devorador de homens que circula tanto na terra quanto na água”. Na mesma entrevista, ele disse que dois de seus filmes favoritos são O Exorcista e Operação Dragão, além de gostar muito de filmes de horror, claro, e dos trabalhos de Wills O’Brien, Ray Harryhausen, Hitchcock, Spielberg e Chaplin.

Em 2007, Gyo foi incluída na Seleção Oficial do Festival Internacional de Quadrinhos de Angoulême. Em 2012, foi lançada uma animação original em vídeo de uma hora de duração baseada nesse mangá, dirigida por Takayuki Hirao.

Gyo é uma história de monstros meio máquina, meio peixe que invadem o Japão, espalhando um fedor medonho e contagioso. Tadashi e sua namorada Kaori tentam sobreviver à invasão dos peixes que andam e, também, descobrir o motivo do ataque. Sim, você leu certo: peixes que andam! E se você conhece o trabalho de Junji Ito, já sabe o que esperar: uma história surreal de horror!

2021 é um ano bem interessante para os fãs do autor. A Pipoca e Nanquim lança a estreia de Ito no mangá, Tomie, que sai em duas partes.

Sua obra mais conhecida é Uzumaki (que foi relançado pela Devir no ano passado), além de coletâneas como Fragmentos do Horror (que saiu pela Darkside em 2017).

Leia Mais
NOPORN anuncia dois novos singles e turnê na Europa