HQ argentina Pintamonos reconta história de Frida Kahlo e Diego Rivera

Obra será lançada no Brasil pela editora pernambucana Quadriculando e está em pré-venda

Divulgação.

A editora pernambucana Quadriculando lança a pré-venda de Pintamonos, HQ argentina que imagina uma revisão bem-humorada da vida de Frida Kahlo, Diego Rivera e David Siqueiros nos anos 1930 e 40, no México. A obra tem roteiro do mexicano Rodolfo Santullo e desenhos do argentino Leo Sandler.

O quadrinho traz as discussões ideológicas que esses personagens travaram em meio aos acontecimentos históricos como a Revolução Russa e o crescimento das correntes socialistas ao redor do mundo.

O livro reúne 4 HQs curtas, abordando nuances e fatos sobre um prisma nunca antes explorado nas suas 80 páginas, em preto e branco, capa cartão com orelhas, no formato 16 x 23 cm. A campanha acontece pelo Catarse, porém trata-se de uma pré-venda, pois o livro será publicado e enviado mesmo que não seja atingida a meta.

Para receber a obra em casa é necessário adquirir um apoio a partir de R$ 40.

Pintamonos é uma expressão à principio pejorativa com a qual se referiam aos pintores mexicanos no começo do século XX, os comparando com desenhistas de jornais de perfil em tese inferior. “Moneros” é o termo com o qual caricaturistas e desenhistas daquele país se definem até hoje – por pintar “monitos” (macaquinhos) ou desenhos simples – e a expressão foi do insulto a apropriação orgulhosa do termo.

A editora Quadriculando vem lançado trabalhos de autores latinos, a exemplo do chileno Pepo, autor de Condorito.

Veja um preview de Pintamonos.

Leia Mais
Anitta faz história no VMA com show e prêmio de melhor clipe latino