Perto de lançar “Devoto Franco”, seu primeiro disco solo, divulga videoclipe para a já conhecida faixa . Guiado por um xote intimista, o single é inspirado em uma história de amor vivida em meio à quarentena. Para embalar tudo, a voz do cantor baiano traz suavidade e conforto, instaurando um tom de confissão e proximidade de todos aqueles que já viveram as delicadas descobertas sugeridas pela letra. Ao violão e à voz, somam-se tonalidades de zabumba, triângulo e synths.

“Essa música surge no verso “eu vi seu sorriso aberto por baixo do pano”. Essa ideia veio de uma ida trivial ao mercado, logo nos primeiros meses de pandemia. Fiquei com essa cena na cabeça e a história da máscara me levou a pensar no reposicionamento do olhar na comunicação das pessoas na rua. A partir daí, reflito sobre paixão, tristeza, dúvidas, saudade, melancolia e aquela vontade de saber o que será do meu coração quando tudo isso passar”.

Para a versão audiovisual, gravado em época de isolamento, um convite para se pensar o corpo no ambiente que ocupamos, como espaços potencialmente criativos. Roberta Carvalho é quem assina a direção.

Leia Mais
Festival #RecuperaCarranca reúne artistas pela recuperação do músico pernambucano Hugo Carranca