pinups

A banda , uma das mais icônicas do rock alternativo brasileiro dos anos 1990, retorna com show, relançamento de todo o seu catálogo e como estrela de um documentário que conta a história dos grupos indie brazucas dos 90.

A banda começou a tocar em 1988, mas lançou seu priomeiro álbum, Time Will Burn em 1990. Foi a primeira banda daquela safra a ter disco, mesmo cantando em inglês, algo que sempre foi mal visto pelas gravadoras. Lançou outros cinco álbuns, alguns EPs e deu um tempo no começo dos anos 2000, quando o movimento do qual fizeram parte começava a arrefecer.

Em 2015 fizeram o que deveria ser um show de despedida. Mas o show e o feedback do público foram tão energizantes que a banda resolveu voltar aos palcos. Além disso, dois documentários e um livro andaram remexendo naquela safra de bandas cantando em inglês do começo dos anos 90, da qual o Pin Ups foi pioneiro e um dos principais nomes. Um destes documentários tem o mesmo nome que o álbum de estreia dos Pin Ups: Time Will Burn de Marko Pana e Otávio Souza. O documentário, que não está disponível na internet e vem sendo exibido por enquanto somente em festivais, será projetado antes do show.

A atual formação conta com o guitarrista Zé Antonio Algodoal, Alê Briganti (baixo e vocal) e Flavio Cavichioli (bateria) que são 3/4 de sua última formação, da época dos discos “Lee Marvin” e “Bruce Lee”. Como convidado especial na segunda guitarra, Adriano Cintra, ex Forgotten Boys e ex-Cansei de Ser Sexy, atualmente em carreira solo.

No mesmo dia, 16 de dezembro, todo o catálogo oficial do Pin Ups será relançado em formato digital via midsummer madness e estará disponível nos canais de streaming do selo e da banda. Os álbuns a serem relançados são Time Will Burn (1990), Gash (1991), Scrabby? (1993), Jodie Foster (1995), Lee Marvin (1997) e Bruce Lee (1999). A banda ainda promete para 2017 um álbum só com lados B, músicas que saíram apenas em fitas cassete, sessões ao vivo e raridades.

O show do Pin Ups será na sexta (16) no Z Carniceria, em São Paulo. Os ingressos já estão à venda.

Sem mais artigos